27.2 C
São Paulo
sexta-feira, 18 setembro 2020
Loja das Pocs
Home ONLINE CURTAS

CURTAS

Terra sem Pecado (2020)

Documentário baseado na pesquisa “Homossexualidade indígena e LGBTQfobia no Brasil: duas faces da mesma moeda.”

Amor e o Tempo (2020)

O filme abre uma janela para a sexualidade na terceira idade como uma realidade que também permite outras possibilidades no amor e no sexo para além da heterossexualidade

A Primeira Parada LGBT no Baile da Gaiola Foi Um Sonho (2020)

Em janeiro de 2019, o DJ carioca Rennan da Penha, um dos pioneiros do funk 150 BPM, se mostrou mais uma vez como visionário: ele realizou uma primeira e - infelizmente - única edição LGBTQ+ do Baile da Gaiola no Complexo da Penha, zona norte do Rio de Janeiro

Lolo (2019)

Lolo e seus amigos aproveitam as férias de verão para entender um pouco mais sobre sexualidade e identidade.

O primeiro sutiã – Releitura Trans (2019)

Em 1987, Olivetto Washington criou uma das mais famosas peças publicitárias da TV brasileira. Em 2019, Madre Mia Filmes fez uma releitura para a Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra)

Do Lado Dillah (2018)

"Do Lado Dillah" mostra a dificuldade da drag em conseguir trabalhos; o preconceito que enfrenta por ser pobre, negro e homossexual

Afronte (2017)

Ficção e documentário se cruzam para mostrar o processo de transformação e empoderamento de Victor Hugo, um jovem negro e gay, morador da periferia do Distrito Federal. Seu relato se mistura aos depoimentos de outros jovens, cujas histórias revelam diferentes formas de resistência, encontradas em discursos de valorização do negro gay.

Delivery (2017)

Lúcia decide chamar um michê, Patrick, pra passar um after diferente com ela, mas sua ansiedade parece esconder outras motivações.

blasFêmea (2017)

Experimento audiovisual roteirizado e dirigido por Linn da Quebrada, mostrando a potência feminina em suas diversas possibilidades

Nós Existimos! Visibilidade Trans – Magô (2017)

Assucena Assucena & Raquel Virgínia, duas mulheres T, lideram o grupo musical As Bahias e a Cozinha Mineira que ao longo de 2016 endossaram a visibilidade trans nos meios de comunicação em geral

Aceito (2014)

Junior prepara uma grande surpresa para pedir o seu namorado em casamento, mas nem tudo sai como o planejado.

O Melhor Amigo (2013)

No primeiro dia de férias, Lucas e Felipe decidem ir à praia. O passeio se mostra revelador para Lucas, que é tomado por sentimentos inesperados que dão origem a uma paixão oculta.

Depois do Almoço (2010)

Seria um típico almoço de domingo entre amigos: maridos entretidos com o futebol, pequenas discussões com os filhos, esposas levemente alteradas. Até que alguns segredinhos são revelados

Eu Não Quero Voltar Sozinho (2010)

A vida de Leonardo, um adolescente cego, muda completamente com a chegada de um novo aluno em sua escola. Ao mesmo tempo, ele tem que lidar com os ciúmes da amiga Giovana e entender os sentimentos despertados pelo novo amigo Gabriel

Bailão (2009)

Um mosaico. A construção de uma voz coletiva a partir de suas sinceras ambiguidades. Uma declaração de amor. Um filme sobre heróis.

O menino japonês (2009)

Enquanto eu o olhava se afastar, por um momento tive a sensação de que sabia exatamente o que era ser ele. Aquele menino, naquela situação.

PHEDRA (2008)

Documentário sobre a atriz Phedra D Córdoba, cubana e transsexual ícone da queer culture paulistana

Couture (2003)

Os carões e as jogadas de cabelo da performer Bianca Exótica ao lado de top models, como Mariana Weickert e Marcelle Bittar no backstage do São Paulo Fashion Week em 2003

Equê de Vuitton (2002)

O filme é ambientado em São Paulo e traz Bianca Exótica, André Fusko, Thomas Schneesche, Maria Gândara e Leandro Lelo Faria no elenco.