Casa Guilherme de Almeida tem curso sobre obras literárias de temática LGBT

Os interessados em aprender mais sobre obras literárias de temática LGBT que foram adaptadas para o cinema nos últimos 60 anos podem aproveitar a oportunidade oferecida pela Casa Guilherme de Almeida no próximo mês de abril.

No próximo mês de abril, o museu localizado na capital paulista oferece curso gratuito para quem deseja aprender sobre cinema e literatura. Os interessados em aprender mais sobre obras literárias de temática LGBT que foram adaptadas para o cinema nos últimos 60 anos podem aproveitar a oportunidade oferecida pela Casa Guilherme de Almeida no próximo mês de abril.

Gratuito, o curso acontece na sala Cinematographos, espaço destinado ao cinema no museu, e as  inscrições podem ser feitas no formulário pelo link: http://bit.ly/2F6kIIL

Os interessados em aprender mais sobre obras literárias de temática LGBT que foram adaptadas para o cinema nos últimos 60 anos podem aproveitar a oportunidade oferecida pela Casa Guilherme de Almeida no próximo mês de abril.
Os interessados em aprender mais sobre obras literárias de temática LGBT que foram adaptadas para o cinema nos últimos 60 anos podem aproveitar a oportunidade oferecida pela Casa Guilherme de Almeida no próximo mês de abril.

Os roteiristas Lufe Steffen e Alexandre Rabelo serão os responsáveis pelas aulas, que acontecem nos dias 6, 13, 20 e 27 de abril, das 19h às 21h. O curso irá abordar 16 obras literárias e teatrais adaptadas para o cinema, com o objetivo de discutir os processos de cada adaptação e as diferenças entre as linguagens. Por fim, será proposta uma reflexão sobre o futuro da temática LGBT na arte.

Lufe Steffen é cineasta, roteirista e jornalista. Bacharel em Rádio & Televisão, teve passagem como jornalista pelas redações dos portais Mix Brasil, A Capa, iG e Vírgula. Escreveu os livros O Cinema que Ousa Dizer Seu Nome (Editora Giostri – 2016) e Tragam os Cavalos Dançantes (Dynamite Produções – 2008).

Já Alexandre Rabelo é escritor, dramaturgo e roteirista. Com dupla formação em História e Letras pela USP, publicou seu primeiro romance, Nicotina Zero, em 2015, pela Editora Hoo, livro pelo qual ganhou o Prêmio Papomix da Diversidade, como melhor livro LGBT do ano.

Anúncios