A distribuidora Zeta Filmes fez uma enquete no Instagram para saber qual filme os seguidores gostaram de ter acesso grátis durante o período da autoquarentena. O mais votado foi o longa-metragem “E Então Nós Dançamos“, do sueco Levan Akin, que estreou em Cannes e chegou a figurar na shortlist de indicações da Suécia para o Oscar deste ano na categoria de melhor filme internacional. O romance gay também integrou o programa “Panorama Internacional” na última edição do Festival Mix Brasil, em São Paulo.

No enredo, o protagonista Merab (Levan Gelbakhiani) é um jovem homossexual de uma família desestruturada, de pais separados, criado pela avó e irmão problemático, que treina com afinco como parte do corpo de balé de uma companhia de dança e, à noite, trabalha como garçom. O jovem dançarino tem suas emoções estremecidas com a chegada de um novo integrante na companhia, Irakli (Bachi Valishvili).

O acesso gratuito está disponível até sexta-feira, 27 de março, através deste link (https://bit.ly/eentaonos). É necessário usar a senha: zetanaquarentena.

E Então Nós Dançamos - Divulgação
E Então Nós Dançamos – Divulgação

Ficha técnica

Roteiro: Levan Akin
Fotografia: Lisabi Fridell
Montagem: Levan Akin, Simon Carlgren
Som: Beso Kacharava
Música: Zviad Mgebry, Ben Wheeler
Produção: Mathilde Dedye, Ketie Danelia
Elenco: Levan Gelbakhiani, Ana Javakishvili, Bachi Valishvili
Título original: And Then We Danced

E Então Nós Dançamos - Divulgação
E Então Nós Dançamos – Divulgação

Prêmios e indicações

Indicado da Suécia a categoria Melhor Filme Internacional do Oscar 2020
Cannes 2019 – Quinzaine des Réalisateurs
Odessa International Film Festival 2019 (Grand Prix do Juri, Competição Internacional e Melhor Ator)
Sarajevo Film Festival 2019 (Melhor Ator)
Chicago International Film Festival 2019 (Prêmio Gold Q-Hugo)

Publicitário, escritor e cronista gaúcho, morador do município de Canoas, Rio Grande do Sul. Viciado em internet, música, literatura (especialmente crônicas, moda, biografias, LGBT e estilo de vida) e cultura pop.