GAY BLOG BR by SCRUFF

A equipe de Vynícius, confinado no Big Brother Brasil 22,se pronunciou após ele ser alvo de falas preconceituosas e homofóbicas nas redes sociais depois da festa do líder Tiago Abravanel. Segundo o comunicado divulgado no Instagram, as ofensas de cunho preconceituoso começaram após usuários atribuírem falas de outros confinados ao Vyni.

“Muitos estão colocando palavras na boca de Vyni na festa da última madrugada, falas vindas de Laís e Eslovênia estão sendo apontadas como de Vyni, o que está trazendo uma enxurrada de comentários negativos. Porém, entendemos aqui fora a reação do público com certas brincadeiras, mas, não podemos admitir as falas preconceituosas e homofóbicas que temos recebido”, diz.

Recentemente, o Vyni também chorou ao lembrar o preconceito que enfrentou na igreja enquanto conversava com Rodrigo e Eslovênia dentro da academia.

Vyni diz que foi para a igreja por escolha própria. “Fui do grupo de artes, coroinha, pregador de grupo de oração e eu cantava na igreja. Só que, conforme foi passando o tempo e eu fui percebendo como eu sou, comecei a sentir olhares diferentes pra mim”.

“Aquela pessoa que você admirava e pensava: ‘quero ser como aquela pessoa e ir pregar pra várias pessoas’…Simplesmente aquela pessoa chegar pra você e dizer: ‘o que você está fazendo aqui? Nada do que você faça na igreja vai mudar o fato de que você não vai estar no reino dos céus’”, acrescentou o cearense.

BBB22: Equipe de Vyni aciona jurídico após participante ser alvo de homofobia nas redes sociais

A transcrição do comunicado na íntegra do acionamento jurídico

“Devido aos últimos acontecimentos, resolvemos fazer alguns esclarecimentos. Muitos estão colocando palavras na boca de Vyni na festa da última madrugada (03), falas vindas de Laís e Eslovênia estão sendo apontadas como de Vyni, o que está trazendo uma enxurrada de comentários negativos.

Sobre o posicionamento dele dentro da casa com o casal Maria e Eliezer, ele sempre os apoiou, e entendemos que nunca houve intenção dele em atrapalhar o relacionamento.

Porém, entendemos aqui fora a reação do público com certas brincadeiras, mas, não podemos admitir as falas preconceituosas e homofóbicas que temos recebido. Por isso, o jurídico do Vyni já foi acionado. Todos têm direito de gostar ou não de Vyni, mas homofobia é crime.”




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"