GAY BLOG BR by SCRUFF

A CNN Brasil demitiu o jornalista Daniel Adjuto (31), apresentador do programa LIVE CNN. Ele foi informado do seu desligamento um pouco antes das 10h, quando se preparava para começar o jornal junto com Marcela Rahal, sendo substituído por Evandro Cini.

De acordo com fontes do Notícias da TV, a saída de Adjuto se dá por conta de uma briga no final do mês de agosto com a Marcela. Ao que tudo indica, os dois jornalistas se falavam apenas quando estavam ao vivo no telejornal e, na semana passada, Adjuto teria tido uma discussão em que ele “teria pesado a mão” com a parceira de bancada. O clima ruim teria passado ao vivo e a direção da CNN optou por demití-lo.

A CNN trata a saída de Adjuto internamente como um comportamento inadequado de Daniel Adjuto. Além disso, há informações de que o jornalista teria procurado um emprego no SBT.

Daniel Adjuto é demitido da CNN Brasil minutos antes de apresentar jornal
Reprodução

DANIEL ADJUTO: DE BRASÍLIA PARA O MUNDO

Daniel Adjuto Sanders Yoshyaky, conhecido apenas como Daniel Adjuto (Brasília, 14 de outubro de 1989), é um jornalista brasileiro, atualmente é âncora do Live CNN Brasil na CNN Brasil. Daniel é formado em jornalismo desde 2013 pela Universidade de Brasília (UnB), tendo feito estágio voluntário na TV Globo em Nova Iorque.

Em 2012, entrou no SBT como estagiário de produção do SBT Brasil e, em abril de 2013, foi contratado como produtor do Jornal do SBT Brasília, onde também atuava esporadicamente como repórter. Fazia coberturas do Judiciário na capital e da Operação Lava Jato. Após dois meses na função foi convidado a assumir o posto de produtor do nacional principalmente na área de política. Em junho de 2013, passou a fazer entradas ao vivo no SBT Manhã.

Em 25 de março de 2017, Adjuto entrou na escala de apresentadores eventuais do SBT Notícias, nas madrugadas de sábado para domingo, e em 20 de janeiro de 2018, entrou no revezamento de apresentadores eventuais da bancada do SBT Brasil, nas edições de sábado. Tendo uma ascensão dentro da emissora, foi sondado por outros canais, como a GloboNews e a RecordTV, mas recusou as propostas, preferindo se consolidar no SBT. Se despediu da emissora e do revezamento de apresentadores eventuais do SBT Brasil no dia 16 de novembro de 2019.

Em 19 de novembro de 2019, Daniel Adjuto foi anunciado como novo apresentador na CNN Brasil. Ele atua de Brasília, mas também é ancora ocasionalmente, como aconteceu por um tempo no Jornal da CNN após um afastamento de William Waack. Participou de dois momentos que chamaram atenção no canal em seu primeiro ano: antecipou que Jair Bolsonaro poderia indicar Mário Frias para assumir a Secretária Especial de Cultura do Brasil, onde na época estava a atriz Regina Duarte.

Após esse furo de reportagem, ele negociou e fez uma entrevista exclusiva durante o CNN 360º com a então secretaria. A entrevista, feita ao vivo, ganhou grande repercussão após Regina minimizar a tortura e as mortes durante a Ditadura militar e depois encerrar a entrevista após se irritar com a reprodução de um vídeo onde a atriz Maitê Proença cobrava ações da secretaria. Mais de quinhentos artistas de todo o país assinaram uma nota repudiando as declarações de Regina Duarte e afirmando que ela não os representa na Secretaria Especial da Cultura.




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"