Para reforçar a diversidade no mês de junho, o Canal Brasil criou uma programação com filmes LGBT+ às sextas, sábados e domingos, às 23h10 com rebatidas nas terças, quartas e quintas às 4h.

Nesta sexta, 19, às 23h10, será exibido no Canal Brasil o longa-metragem “Tangerina” (2015), de Sean Baker, vencedor do prêmio Felix no Festival do Rio e indicado ao prêmio de revelação no Festival de Sundance.

No enredo, Sin-Dee é uma prostituta e travesti dos arredores de Tinseltown, um distrito violento de Los Angeles. Recém-saída da prisão, a protagonista se reúne com a melhor amiga, Alexandra, e descobre ter sido traída por Chester, seu namorado e cafetão, durante o período no cárcere. Em plena noite de Natal, a personagem sai em uma busca desenfreada pelo homem e, com doses de humor, passa pelo submundo das drogas e do preconceito que se escondem do lado obscuro de Hollywood.

SERVIÇO

Tangerina (2015) (88’)
Horário: sexta, dia 19 de junho, às 23h10 no Canal Brasil
Rebatida: terça, dia 23/06, às 4h
Classificação: 16 anos
Direção: Sean Baker
Elenco: Kitana Kiki Rodriguez, Mya Taylor, Karren Karagulian e James Ransone

Mya Taylor, Sean Baker, Kitana Kiki Rodriguez tangerina tangerine
Mya Taylor, Sean Baker, Kitana Kiki Rodriguez – Reprodução

SUNDANCE FESTIVAL

Festival Sundance de Cinema teve início em agosto dee 1978, como Utah/U.S. Film Festival. Em 1985, o Sundance Institute, fundado anos antes por Robert Redford com o intuito de ajudar novos cineastas, incorpora o festival a seus programas, dirigindo o evento para as produções independentes. O festival acontece todos os anos, no mês de janeiro, em Park City, Utah (Estados Unidos). É o maior festival de cinema independente do país.

Google Notícias