GAY BLOG BR by SCRUFF

A partir desta quarta-feira (01), o GNT vai apresentar uma programação especial para o Mês do Orgulho LGBTQIAP+. Todas as quartas-feiras, o programa “Saia Justa” contará com uma série semanal de matérias mostrando pessoas LGBTQ+ e suas histórias. Já às segundas, o “Papo de Segunda” terá o quadro inédito “É Um Orgulho“, que mostrará depoimentos de pessoas emblemáticas da comunidade e pontuar os avanços alcançados nos últimos anos.

Além dos programas ao vivo, o GNT exibe também, na sequência do “Papo de Segunda”, todas as segundas, à 00h, documentários que trazem tema que envolvem a luta no esporte de atletas transexuais, poder da comunidade lésbica, relatos de experiências de pessoas trans não binária, entre outros temas. 

Documentário “Quem Pode Jogar” será exibido no dia 20 de junho (Foto: Reprodução)

Ao longo do mês de junho, o GNT ainda traz a campanha “Orgulho. É o que nos une“, em que será exibida nos intervalos comerciais uma peça conceitual construída com frases representativas e positivas sobre o orgulho. “Nosso propósito é abrir conversas e potencializar diálogos diversos e transformadores, e, com a nossa programação especial do Mês do Orgulho, queremos inspirar, informar e conscientizar o público ainda mais sobre esse tema“, comenta Fabiana Gabriel, gerente de Marketing e Digital do GNT, VIVA e Modo Viagem.

Já no dia 22 de junho, última quarta-feira do mês, o “Saia Justa” traz um programa temático com a participação da multiartista Linn da Quebrada. No dia 28, Dia Internacional do Orgulho LGBTQIAP+, vai ao ar uma seleção de episódios de programas já exibidos no canal em anos anteriores: “Liberdade de Gênero” e “Família é Família“, com histórias inspiradoras.

Programação

Segundas, logo após o “Papo de Segunda”

• 13 de junho: Documentário inédito “Balé da Resistência“. O filme celebra a companhia de dança Les Ballets Trockadero de Monte Carlo, uma trupe de drag ballet exclusivamente masculina. Há 45 anos, os bailarinos dos Trocks correm grandes riscos para praticarem sua versão de paródia de balé clássico, e o longa evidencia as questões de gênero, inclusão e justiça social que eles enfrentam.

20 de junho: Documentário “Quem Pode Jogar“, de Marcos Ribeiro, revela como quatro corajosos atletas transexuais treinam, jogam e enfrentam as barreiras do preconceito no esporte.

27 de junho: Documentário inédito “Ahead of the Curve“. O público poderá acompanhar a visibilidade e o poder da comunidade lésbica desde o início dos 90 até os dias atuais, por meio da história da fundação da revista Curve, por Franco Stevens.

Documentário “Ahead of the Curve” (Foto: Reprodução)

28 de junho:

23h30: Episódio “Não Binários“, da série “Liberdade de Gênero”. A trama acompanha duas histórias de jovens que não se reconhecem nem como homem, nem como mulher. Ainda no programa, a cantora Liniker e os tatuadores Lune, Jesse e Benett relatam suas experiências como pessoas trans não-binárias.

00h: Episódio de “Liberdade de Gênero“, com Linn da Quebrada, que se declara “bixa travesty” e conta que não faz música para ser artista, mas para ser ouvida.

00h30: “Pela Liberdade de Ser“, episódio da série “Família é Família“. A atração mostra a história de amigos que moram juntos e afirmam sua identidade no mundo. Em Porto Alegre, amigas que trabalham em uma ocupação feminista, e, no Rio de Janeiros, amigos drags que trabalham juntos na cena drag.

Episódio “Não Binários”, da série “Liberdade de Gênero” (Foto: Reprodução)



Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)