O autor queer amapaense Andrew Oliveira está lançando o livro “Vazio da Forma“, publicado pela editora Skull, que traz uma narrativa com traços de realismo mágico na qual é levantada a questão da representatividade e sabemos mais sobre a relação do autor com a doença.

A história gira em torno de Frey, um pintor homossexual que é atormentado por uma entidade chamada “A Sombra”. O romance pode ser encontrado em livraria online e também na loja da editora Skull.

Amapaense escreve romance sobre depressão entre os LGBTs
Divulgação

“A saúde mental de uma pessoa LGBTQ+ é posta em prova desde a sua infância, dependendo do lar, da cidade, do contexto em que ela cresce”, afirma Andrew Oliveira. “Existe muita hostilidade e exclusão com o que não é visto como o modelo padronizado de sexualidade ou identidade de gênero. No mês do setembro amarelo, no qual se afirma a causa contra suicídio e saúde mental, cabe o questionamento: o que estamos fazendo para reverter a situação? Será que estamos dando voz suficiente para as minorias?”, completa.

Andrew Oliveira é escritor, tem 26 anos, é natural de Macapá (AP), onde morou até concluir o ensino médio. O amapaense fez faculdade de Cinema e Audiovisual em Belo Horizonte (MG), no Centro Universitário UNA. Em 2016, se mudou para São Paulo, para trabalhar com fotografia e com seus outros projetos pessoais. Além de Vazio da Forma, também é autor de Santuário.

Divulgação

“Vazio da forma”

ASIN: B08BBVLSZK
Editora: Editora Skull; 1ª Edição (16 junho 2020)
Idioma: Português
https://www.skulleditora.com.br/vazio-da-forma

Google Notícias
Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".