Gravado em dezembro e produzido por Luis Dalvan, o videoclipe “Farol de Milha”, do cantor amazonense Dan Stump, é uma catarse de sentimentos repleto de simbolismos em um cenário apocalíptico casas destruídas. A canção faz parte do disco “Tudo Que Eu Penso São Palavras Perdidas Que Tento Organizar”, lançado em 2019.

O cantor, que participou da primeira edição do Festival de Músicos Pocs Brasileiros, traz para a MPB um folk pop com brasilidade e regionalismo experimental vindo do Norte. O álbum “Tudo Que Eu Penso São Palavras Perdidas Que Tento Organizar” reflete a visão de um jovem simples saindo do interior chegando na cidade e tendo que se adaptar aos meios, relações, políticas e conflitos internos.

Assista ao clipe:

Letra

O que arrasta o chão
Se apoiar muito tudo cai
Percorrer milhas e milhas a mais
E não poder olhar para trás, e ver o azul

O que te faz pensar
Que sentimento é pra se guardar
Me diz ter medo do inesperado acontecer
Não deixe esse carnaval acabar
Deixa não

Só de poder sentir o vento
Valeu a pena eu ter vindo
E ver o ver o relevo do teu sorriso
Abrir o céu

Tenhamos consciência dos nossos atos
Chiaroscuro um ego antigo eu passo pano não
Não tenho medo de dar mais nenhum passo
Não vamos voltar a 1964 não

Eu vim no escuro maior embaraço
Mas cheguei, enxerguei

Só de poder sentir o tempo
Valeu a tempo ter vivido
E ver no teu sorriso um abismo
Pra um céu azul
Eu vejo o azul

Ficha Técnica
Concepção: Dan Stump e Luis Dalvan
Direção: Luis Dalvan
Fotografia e Montagem: Luis Dalvan
Produção Executiva: Dan Stump
Styling: Dan Stump

Dan Stump performa voz e violão no Festival de Músicos Pocs Brasileiros, assista ao show na íntegra

Google Notícias