GAY BLOG BR by SCRUFF

São mais de duas décadas de carreira e números marcantes que apontam Filipe Ret (37) como um grande expoente dentro e fora do mundo do trap. O carioca, que no último ano teve muitos motivos para comemorar, entre eles a eleição de seu último disco LUME como “Álbum do Ano” no Prêmio Multishow e mais de 200 milhões de streamings em pouco mais de seis meses, anuncia o clipe da música “Good Vibe”, uma parceria com o rapper Caio Luccas. O lançamento – que assim como o álbum, sai pela Som Livre – tem direção de Danilo Alves e produção musical de Dallas.

Com uma estética sensual e ao mesmo tempo romântica, o videoclipe traduz a conexão entre casais através da paixão, sobretudo as relações homoafetivas, algo que, por muito tempo, não era tão explorado no universo do trap rap.

“Esse clipe é sobre paixão e amar sem julgamentos. É uma música sobre liberdade e leveza”, ressalta Felipe Ret.

Assista:

Segundo Ret, LUME é inspirado na luz interior de todos os artistas da favela, sendo uma celebração que o rap trap vivem, especialmente o carioca. O álbum possui onze faixas ao todo e tem participações de nomes de peso, como Anitta, Mc Poze do Rodo, Mc Cabelinho, Mc Hariel, e o próprio Caio Luccas.

LUME traz uma imersão ao longo da audição com vídeos exclusivos, comentários e curiosidades sobre as faixas enquanto os fãs o reproduzem no Spotify. Com isso, o trapper junta-se a artistas como Luísa Sonza, The Beatles e Lady Gaga que já usufruíram dessa tecnologia no app de streaming, o que eleva ainda mais sua posição nos rankings.

Filipe ret
“Good Vibe” – Reprodução



Únete a nuestra comunidad de más de 15 millones de chicos

Encuentra exactamente los chicos que te gustan usando los filtros de búsqueda poderosos de SCRUFF. Hazte Embajador SCRUFF Venture para ayudar a los miembros que vienen de visita a tu ciudad. Busca una agenda actualizada de los mejores festivales, fiestas, orgullos y eventos gay. Aumenta tus posibilidades con SCRUFF Pro y desbloquea más de 30 funciones avanzadas. Baja la app SCRUFF aquí.