JLo e Shakira farão feat no intervalo do Super Bowl 2020

 A apresentação será em Miami, no dia 2 de fevereiro, dia do aniversário de Shakira.

Pela primeira vez, Jennifer Lopez e Shakira dividirão um palco. Na verdade, não será bem um palco, será o show do intervalo do evento de maior audiência do planeta aka Super Bowl. A apresentação será em Miami, no dia 2 de fevereiro, dia do aniversário de Shakira.

Shakira e JLo farão feat no intervalo do próximo Super Bowl
Foto: reprodução/Instagram Shakira

Halftime Show

Nas primeiras décadas, o show do intervalo do Super Bowl tinha como atração uma banda marcial universitária. Depois, shows mais variados passaram acontecer, com atuações e pequenos espetáculos musicais. Somente na metade da terceira década do Super Bowl que começaram a ser introduzidos números musicais de artistas populares, como Shania Twain, New Kids on the Block, Gloria Estefan, Michael Jackson, Prince, Clint Black, Patti LaBelle, e Tony Bennett.

A partir do Super Bowl XXXII, o halftime show passou a ser patrocinado por empresas. Até então, os espetáculos possuiam um tema e em cinco anos a tradição foi substituída por produções musicais maiores. Durante os seis anos subsequentes ao Escândalo do Super Bowl XXXVIII, todos os intervalos consistiram em performances de um artista ou grupo das décadas de 1960, 1970 e 1980, preferencialmente do gênero rock. A partir do Super Bowl XLV, foram introduzidos artistas do R&B, pop e hip hop, além de ter voltado também as colaborações entre artistas.

A NFL não paga nenhum tipo de cachê para os artistas, no entanto, cobre todas as despesas da produção. O show do Super Bowl XXVIII com Michael Jackson foi uma exceção, já que a NFL e a Frito-Lay concordaram em fazer uma doação e fornecer tempo comercial para a Fundação Heal the World de Jackson.

De acordo com o Nielsen SoundScan, os artistas que se apresentam durante o halftime show, regularmente experienciam um significativo aumento nas vendas de seus álbuns durante a semana após o concerto, graças a grande visibilidade que o evento possui. Para Super Bowl XLIX, foi relatado pelo The Wall Street Journal que a liga teria solicitado aos representantes dos possíveis atos (Katy Perry, Coldplay e Rihanna) se eles estariam dispostos a oferecer compensações financeiras à NFL em troca do show, sob a foma de um pagamento inicial ou uma parcela dos lucros obtidos em shows posteriores à apresentação no Super Bowl. Embora tenham sido negados por uma porta-voz da NFL, o pedido recebeu uma resposta “reservada” dos envolvidos, de acordo com o Journal.