GAY BLOG BR by SCRUFF

Na noite da última terça-feira (05), Rico Ayade lançou o videoclipe de “Negue”, uma releitura intensa e provocativa de um clássico da MPB, sob um olhar LGBTQIA+. O cantor baiano radicado em São Paulo, buscou repaginar a música MPB que foi eternizada na voz de Maria Bethânia.

Capa de “Negue”, por Rico Ayade (Foto: Divulgação)

Segundo Rico, a proposta é trazer um novo olhar sobre clássicos da MPB. “Antigamente essas canções não tinham clipe, e se tivessem, na época em que foram gravadas, jamais seriam clipe com personagens LGBTQIA+ vivendo essas histórias. O que proponho é que essas histórias que marcaram gerações sejam recontadas, para que estes clássicos sejam ressignificados dentro desse novo contexto, muito mais diverso, em que vivemos atualmente.“, revela o cantor.

Em 2021, Rico propôs esse mesmo olhar ao lançar videoclipe com releitura da canção “O Leãozinho“, de Caetano Veloso, também sob uma perspectiva LGBTQIA+. A canção faz parte do álbum “Tropicaê – Rico canta Caetano”, que o artista lançou em homenagem aos 80 anos de Caetano.

Rico na capa “Tropicaê – Rico canta Caetano” (Foto: Reprodução)

O multiartista estrela o clipe ao lado do ator convidado Barroso, conhecido da série “Aruanas” e que acabou de gravar o longa sobre Gal Costa, onde viverá o cantor Jards Macalé. No vídeo, os atores colocam toda sua carga dramática em uma cena de plano em sequência de tirar o fôlego, dentro de um carro em movimento na noite da capital paulistana.

Desde o início eu sabia o que queria passar com esse filme e sabíamos que seria um plano em sequência. Quando o Mavi (diretor) trouxe a proposta de ser dentro do carro, eu simplesmente adorei, porque refletia também a agonia da dureza da cidade que atravessa nossas questões pessoais, e isso adiciona uma carga dramática incrível à toda a cena que já é forte por si só”, conta Rico.

A versão musical do artista traz arranjos modernos, assinados pelo produtor Rabi Rodrigues. O clipe de “Negue” tem a direção de Mavi, fotografia de Roberto Riva e assistência de Julio Becker, com concepção do próprio Rico e distribuição do Selo Camarada e da Ingrooves.

Assista ao videoclipe de “Negue”




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)