GAY BLOG BR by SCRUFF

De acordo com uma pesquisa divulgada pela empresa de aprendizagem Pearson, 76% dos brasileiros acreditam que as crianças devem aprender sobre diversidade, equidade e inclusão já na pré-escola.

O Brasil é o único país entre os cinco que participaram do estudo que indicou essa preocupação logo cedo. Segundo a pesquisa, os outros optaram por abordar o assunto somente a partir do ensino fundamental. São eles: Reino Unido (48%), China (47%), Índia (43%) e Estados Unidos (34%).

O estudo da Pearson foi conduzido em parceria com a Morning Consult, empresa global de inteligência de dados sediada nos Estados Unidos. Para a pesquisa, foram ouvidas 5.500 pessoas com idades entre 16 e 70 anos, por meio de entrevistas online, entre os dias 27 de maio e 10 de junho deste ano.

(Foto: Reprodução)

Os resultados são representativos da população com acesso à internet em cada país, com margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Ainda de acordo com o estudo, 92% dos brasileiros acreditam que o mundo seria um lugar melhor se as pessoas tivessem mais compreensão das questões que afetam as pessoas ao redor.

Os dados também revelam que, enquanto 56% dos entrevistados em todo o mundo acreditam que o sistema educacional em seus países está fazendo o suficiente para ensinar sobre raça, gênero e desigualdade, no Brasil essa média é de apenas 27%. Os brasileiros ainda apresentam a menor taxa de confiança em seu sistema educacional no que diz respeito a tratar todos os alunos igualmente (42%), já a China a que relata a maior confiança (89%).

O estuda o também aponta que o tema mais estudado no Brasil é a escravidão (81%) e o menos aprendido estão relacionados aos direitos e movimentos LGBTQIA+ (23%). Entre os entrevistados, 71% dos brasileiros afirmaram que concordam que as escolas devem fazer mais para apoiar os alunos LBGTQIA+.

Sobre a desigualdade de gênero, 59% dos entrevistados em todo o mundo afirmaram que não acham que sua educação cobre adequadamente a desigualdade de raça e gênero. Quando perguntados: “Pensando em quando você estava na escola, você acredita que todos os gêneros tiveram oportunidades iguais de educação?”, 66% dos brasileiros responderam que “não”. Foram apontados como principais fontes de informação as redes sociais e notícias.

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)