GAY BLOG BR by SCRUFF

O esquiador olímpico da Finlândia, Remi Lindholm, revelou que seu pênis ficou congelado durante as Olimpíadas de Inverno em Beijing, na China, devido às condições climáticas desfavoráveis durante a prova de esqui de 30km.

Ele ficou cerca de um hora e quinze minutos em ventos congelantes de 28km/h e a sensação térmica estimada de -26ºC. Mesmo com vários protetores de pele, ele comentou a imprensa da Finlândia que ficou com seu órgão genital congelado.

“Você pode adivinhar qual parte do meu corpo estava congelada quando eu finalizei…foi uma das piores competições em que estive”, disse Lindholm ao jornal Iltahleti. “Foi uma batalha e tanto”.

O atleta também disse que após a competição, ele usou uma bolsa térmica em seu pênis para ele ser descongelado. “Quando as ‘partes do corpo’ começam a esquentar, a dor é insuportável”.

Esquiador finlandês diz que seu pênis congelou após prova: "Dor insuportável"
Reprodução

Essa não é a primeira vez que Remi Lindholm disse que teve seu pênis congelado, já que no ano passado ele passou por essa mesma experiência em Ruka, na Finlândia.

No entanto, um médico urologista conversou com o mesmo jornal finlandês e disse que a declaração do atleta não procede: “É muito difícil isso acontecer porque com o frio o pênis se contrai muito. Certamente ele sofria de prostatite. Quem é sensível pode sofrer de irritação na próstata, que pode durar semanas e cuja dor também se manifesta no pênis”, afirmou.

A Federação Internacional de Esqui decidiu encurtar a maratona de esqui cross-country, que passou de 50km para 30 justamente devido ao frio extremo. Remi Lindholm finalizou a prova na 28ª colocação e o vencedor foi Alexander Bolshunov, do Comitê Olímpico Russo.

Vale dizer que estes são os primeiros Jogos Olímpicos de Inverno da história a serem realizados em solo chinês. E tem um orçamento estimado em USD$ 3,9 bilhões de dólares, menos de um décimo do que foi investido (USD$ 43 bilhões) nos Jogos Olímpicos de Verão de 2008.




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"