GAY BLOG BR by SCRUFF

O policial Henrique Harrison, punido pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) após publicar um vídeo em seu canal do YouTube, onde abordava como a “homossexualidade é tratada em ambiente militares”, foi ouvido pela primeira vez na condição de vítima. O Procedimento Investigativo Preliminar (PIP) ocorreu na última semana.

O PIP é para averiguar se houve transgressão ou crime militar, para atribuir autoria aos envolvidos. Este tipo de procedimento não existiu quando as sindicâncias foram contra o policial. Segundo Harrison, o andamento da ação só ocorreu por causa da pressão do deputado distrital Fábio Félix (PSOL-DF).

(Foto: Reprodução/ Instagram)

“O PIP normalmente é pra reunir indício de autoria, quando não é tão “claro”, mas a homofobia é clara, tem áudios explícitos e todos são confessos, como são superiores, eles tiveram mais oportunidades do que eu, tiveram oportunidade do esquecimento da mídia, oportunidade de não haver investigação”, explica o policial.

Ele continua: “Eu fico feliz de ver algum tipo de andamento, mas depois de ser punido de forma tão célere, e o inverso acontecer contra meus superiores, já demonstra uma posição dos iguais que me julgam, que escolhem um lado, eles me julgam antes de me julgar, é evidente”.

Harrison segue afastado de suas funções. O policial tem vontade de retornar ao trabalho, entretanto, ainda tem medo por conta de tudo que tem passado. “Nunca movimentei nada com a corregedoria da PM. Mas não fizeram de ofício porque não quiseram, pois o fato era notório. Hoje tenho forças, não descarto a possibilidade de ir atrás de provar os abusos de autoridade, omissão do Estado, buscar o MP e manter o deputado Fábio Felix a par de tudo, já que ele tem sido um dos meus maiores aliados” finalizou o militar

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)