GAY BLOG BR by SCRUFF

O apresentador do programa “Donos da Bola“, Neto, que tem um longo histórico de apoio aos LGBTQIA+, voltou a se posicionar contra a homofobia por parte da torcida do São Paulo Futebol Clube, fazendo especulações sobre a orientação sexual de Jesus Cristo.

A situação ocorreu quando a torcida do SPFC deixou evidente que não queria ser categorizado como “trikas”. Nesse contexto, Neto questiona: “qual o problema dos caras ser [sic] ‘trikas’?! É tanta preocupação em relação a isso, essa homofobia idiota de uma parte da torcida”, disse.

“Diga-se de passagem: Quem falou que você, que é hétero, é melhor que o homossexual? Quem falou que você, que é hétero, é melhor que o bissexual? Quem falou que você, que é hétero, é melhor que o [sic] travesti? Quem falou que você, que é homem, é melhor que mulher? Quem falou para você que Jesus é hétero?” – conclui Neto.

O QUE SIGNIFICA “TRIKAS”?

A origem do termo “trikas” é incerta, mas segundo o UOL ESPORTE, a palavra surgiu no Twitter como uma espécie de apelido “desqualitativo”, sendo uma corruptela de “Tricolor”, referência ao time São Paulo Futebol Clube, que anteriormente já foi apelidado homofobicamente como “bambi” (personagem “veado” da Disney).

O termo repercutiu mal em parte da torcida, e o apelido teve várias interpretações. O jogador Cicinho também não gostou da novidade, dizendo: “Vocês estão de brincadeira comigo. Quem inventou essa palhaçada aí? Não tem nada de Trikas, isso é uma infelicidade danada”.

Neto sobre ex-colegas gays no futebol: “Muitos ficaram no armário, é muito triste”

O ex-jogador Neto respondeu em seu quadro “Neto Responde“, em setembro de 2021, que já teve muitos amigos gays dentro do futebol, mas que eles nunca “saíram do armário” para não enfrentarem preconceito e discriminação da sociedade.

“Já tive vários amigos gays no futebol. Só que assim, da época que eu jogava, eles sempre ficaram muito no armário. Esse preconceito com a orientação sexual vem melhorando muito agora, mas muitos ficaram no armário, é muito triste”, revelou Neto, acrescentando que acredita que o mundo está mudando para melhor nos últimos tempos.

Neto já se manifestou diversas vezes favorável aos LGBTQIA+. No dia do orgulho, dia 28 de junho, ele disse em seu programa “Os Donos da Bola” que os LGBTs são “melhores que os héteros”.

“Acho que esse mundo precisa aprender que a gente não tem que ter preconceito com absolutamente nada. Hoje é o Dia Internacional do Orgulho LGBT…. Dizer a importância da gente ser uma pessoa melhor. Tantas pessoas morrem em relação a orientação sexual; a gente tem que ter o orgulho de poder ter essas imagens. A gente precisa disso. O mundo precisa disso. Vocês são muito melhores do que as pessoas héteros, que acham que mandam no mundo, e que não mandam nada”, disse.

Anteriormente, Neto fez críticas ao jornalista Sikêra Jr, quando este último chamou os LGBTQIA+ de “raça desgraçada” ao criticar a campanha do Burger King que mostra crianças falando sobre o universo LGBT.

O apresentador do programa "Donos da Bola", Neto, que tem um longo histórico de apoio aos LGBTQIA+, voltou a se posicionar contra a homofobia por parte da torcida do São Paulo Futebol Clube
Reprodução



Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"