GAY BLOG BR by SCRUFF

Bota Pó é o rosto da nova campanha da Secretaria de Estado da Educação do Maranhão (Seduc-MA). No vídeo, divulgado nos canais oficiais da secretaria, Bota apresenta a Plataforma Gonçalves Dias, criada para facilitar o aprendizado de estudantes durante a pandemia.

A peça publicitária visa promover a nova plataforma de ensino da gestão de Flávio Dino (PSB/MA). “Aprender é uma das maiores virtudes que podemos ter, e passar isso para os nossos jovens de forma rápida e fácil é um grande orgulho”, diz o texto compartilhado no perfil do Twitter da Seduc.

No projeto que homenageia o poeta, professor e jornalista maranhense Gonçalves Dias, Bota explica que a plataforma pode ser utilizada em qualquer lugar, seja em casa, na rua ou na praia. A ação é uma conversa direta com os estudantes do Maranhão.

 

Sucesso nas redes sociais

Bota Pó tem 16 anos e se chama Alex Brito. Fenômeno nas redes sociais, já tem mais de 440 mil seguidores no Instagram que é monitorado pela mãe, Dalva Nascimento. Sua irreverência já chamou atenção de famosos como Pabllo Vittar, Gil do Vigor,  Thaynara OG e Juliette.

Em entrevista ao G1, em junho deste ano, contou que a escolha do nome “Bota Pó”, surgiu em alusão a quantidade de maquiagem que usava em seus tutoriais. “É o meu sonho, é o que eu gosto. Eu sempre disse para minha família que eu não ia desistir. Minha avó já tinha falado para eu desistir, mas eu disse que não, eu disse que era meu sonho, [é] o que eu quero e disse a eles que iria ajudar eles com a internet”, disse.

(Foto: Reprodução/ Instagram)

Bota Pó é de Bacabal, interior do Maranhão. Nas redes sociais mostra a rotina simples na cidade e dá dicas bem humoradas de maquiagem. Em poucos meses, viu o número de seguidores duplicar, devido ao toque de humor que deu em suas publicações. Hoje, já tem bordões que são sucesso nas redes sociais, como o “Café na Taça”, além de fazer desfiles de roupas.

“Foi do nada. Eu comecei a gravar meus vídeos, mostrar minha pessoa, mostrar quem eu era e mostrei meu dia a dia, e eu acho que é isso que as pessoas querem. É muito gratificante, como eu falo, ter essas pessoas que eu admiro estar me seguindo e acompanhando meu trabalho. Eu fico muito feliz”, disse Bota ao G1.

Bota Pó e a avó Valda Lira (Foto: Reprodução/Instagram)

Bota viu o sonho de trabalhar como digital influencer virar uma realidade. Em pouco tempo, já fez inúmeros trabalhos publicitários e o retorno financeiro tem sido utilizado para ajudar a família, que também participa de seus vídeos. “Hoje em dia minha avó participa dos vídeos, ela gosta da palhaçada, porque ela também é engraçada. E aí eu gravo com ela, ela só não dança a música do ‘pega o pato’ comigo’, brinca.

Segundo Bota Pó, o processo de aceitação da família foi tranquila, principalmente por parte da mãe e da avó. Bota diz que sabe que vive em um cenário diferente de muitos jovens que são seus seguidores, e por isso, sabe da importância da sua representatividade.

“Eu fico muito feliz, eu recebo muitas mensagens das pessoas dizendo ‘eu queria ser assim, queria me mostrar tão novo’, ‘queria ser do jeito que eu quero’. Eu sei que sou uma inspiração para muita gente, muitos adolescentes que estão se descobrindo agora, descobrindo o seu jeito de vestir”, disse.

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)