GAY BLOG BR by SCRUFF

Na última sexta-feira (10), chegou às plataformas digitais “Jeri”, de autoria do cantor cearense Paulo Fraval. A nova canção traz a mensagem do poder que o amor tem de teletransportar as pessoas para realidades paralelas e memórias afetivas. O artista multifacetado, com forte identidade queer punk, toma emprestado para o single o nome da praia mais conhecida do Ceará.

“Jeri” também é uma homenagem à origem do artista e que busca positivar uma região quebrando estereótipos de uma paisagem árida e sofrida. A música é a primeira faixa do álbum “O Poder Que a Bixa Tem!”, com lançamento previsto para junho do próximo ano. A produção foi realizada quase toda de maneira remota, devido a pandemia de Covid-19.

(Foto: Camila Almeida)

O videoclipe de “Jeri” celebra a liberdade de amar, de experimentar, de existir, exaltando a diversidade e as belezas de corpos plurais. A travesti, preta e ativista dos Direitos Humanos Dediane Souza, é uma das estrelas do clipe. Na obra audiovisual ela surge como uma divindade, representando o acolhimento à todas aquelas pessoas que são excluídas, violentadas e criminalizadas na sociedade, a exemplo da população LGBTQIA+. 

Os figurinos conectam-se propositalmente com elementos da natureza, fortalecendo o pensamento de que as pessoas são parte de um mesmo ciclo. O Estúdio Voa (CE) assina a co-direção e produção do videoclipe com destaque para o trabalho de Camila Almeida, responsável pela direção de fotografia.

Sobre Paulo Fraval

Vivendo atualmente em Londres, na Inglaterra, Fraval será lançado pelo selo da gravadora inglesa 123 Records, conhecida por investir e apostar em artistas queer da cena underground. No total, serão 10 músicas que seguem em ritmo de produção nos estúdios até seu lançamento em 2022. A expectativa é de que, conforme a pandemia da Covid-19 esteja mais controlada, “O poder que a bixa tem!” possa sair em turnê no próximo verão europeu.

Fraval é natural do bairro Parque Jerusalém, periferia de Fortaleza. O artista iniciou sua carreira aos 15 anos como percussionista e mudou-se para Salvador no ano de 2002 onde estudou música e começou também a cantar. Foi lá que surgiu e conquistou sucesso a banda “Solange, Tô Aberta!”, um duo que unia as batidas do funk com a postura do punk. 

Em 2008 o cantor seguiu para o Rio de Janeiro, e se dividiu também entre São Paulo e ainda Salvador. Em 2010 ele foi definitivamente para Europa, vivendo na Alemanha, Inglaterra, Bélgica e Holanda. Entre 2010 e 2016, realizou cinco turnês internacionais e apresentações artísticas em 19 estados brasileiros. Atualmente desenvolve o álbum “O Poder Que a Bixa Tem”, seu primeiro álbum solo em parceria com artistas do Ceará, Bahia, Pernambuco, Pará e Inglaterra.

(Foto: Camila Almeida)

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)