Família real britânica celebra seu primeiro casamento gay

A família real teve seu primeiro casamento gay no sábado, quando o primo da rainha disse "eu aceito" para seu novo marido.

Lorde Ivar Mountbatten trocou alianças com seu parceiro de dois anos, James Coyle. Mountbatten terminou seu casamento em 2011 e suas três filhas orgulhosas assistiram aos seus votos exatamente dois anos depois de se assumir gay.

família real gay
Foto: reprodução Instagram

A celebração reunião 60 familiares e amigos mais próximos para celebrar com um coral gospel e champagne Pol Roger.

James disse que vão desfrutar de uma lua de mel na Grécia ou na Croácia ainda este ano. Lorde Ivar, o filho mais novo do 3º Marquês de Milford Havenmet, conheceu James, nascido em Glasgow, em 2014, quando ambos estavam no resort alpino suíço de Verbier.

Em 2016, Lorde Ivar confessou que estava lutando com sua sexualidade durante a maior parte de seu casamento de 17 anos com Lady Penny e disse que sabia desde a adolescência que era bissexual. Ele disse ao Daily Mail na época: “Penny estava ciente antes de nos casarmos… que minha atração ia para os dois lados. Ela era muito compreensiva e sempre serei grata a ela. O divórcio deles disse ter fortalecido seu relacionamento e foram suas filhas Ella, 22, Alix, 20, e Luli, 16, que sugeriram que Penny o conduzisse até ao altar.

O casal não quis presentes, em vez disso, pediram aos seus convidados que doassem para uma instituição de caridade previamente selecionada. Lorde Ivar contou à publicação por que decidiram se casar: “Suponho que, se tivéssemos nos conhecido há dez anos, uma parceria civil teria sido boa, mas agora que o casamento gay é legal, parece a coisa certa a se fazer.”

Comente