Feliz Dia do Guncle! :)

"À medida que a comunidade LGBTI se torna mais aceita, nossos papéis em nossas famílias continuarão a crescer", conta o guncle Simon Dunn

Com o propósito de celebrar todos os modelos de família, a internet começou há exatos quatros anos um movimento para estabelecer 14 de agosto como o dia do “guncle”. O termo, que é a junção das palavras gay e uncle (tio, em inglês), faz referência não só a parentes de sangue, mas aos de consideração também.

Camiseta Guncle
Camiseta Guncle. Foto: Loja das Pocs

A ideia surgiu em maio de 2016, no Facebook, com o usuário C.J Hatter do estado da Flórida, nos Estados Unidos. Mas a data só ganhou força em agosto do mesmo ano, após o jogador australiano de rúgbi Simon Dunn postar uma imagem convocando outros gays para a celebração.

Em entrevista ao NBC News, Simon Dunn disserta que, por séculos, o tio gay nunca foi lá tão reconhecido por suas famílias.

“Ainda hoje ouvimos histórias de que tios homossexuais são afastados de suas famílias ou que seus parceiros de muitos anos não são bem-vindos. À medida que a comunidade LGBTI se torna mais aceita, nossos papéis em nossas famílias continuarão a crescer. Eu gostaria de ver mais abertura e discussão dentro das famílias sobre a sexualidade de seus tios ou tias. Embora não seja um aspecto definidor, é uma parte importante de quem é esse parente. Por que meu parceiro deve ser descrito como meu ‘amigo’ e não como meu parceiro? Isso por si só está tomando medidas para derrubar a homofobia na sociedade. Geralmente, a homofobia é atribuída a falta de exposição, portanto, tendo um rosto humano para ele e que face a ser um parente iria trabalhar para o entendimento”, comenta.

Anderson Cooper também aderiu à campanha, em 2016, e fez um vídeo direto de Trancoso (BA):

View this post on Instagram

My French nephew Martin on the Quadrado in Trancoso

A post shared by andersoncooper (@andersoncooper) on

Para quem quiser comprar uma brusinha Gungle:

guncle
Foto: Loja das POCs