Guitarristas do Rammstein se beijam em protesto a leis anti-LGBT na Rússia

Paul Landers e Richard Kruspe, integrantes da banda Rammstein, se beijam em recente show no país: "Rússia, nós amamos vocês"

Na última segunda-feira, 29, os guitarristas Paul Landers e Richard Kruspe, da banda de metal Rammstein, se beijaram em a apresentação em Luzhniki, em Moscou, como forma de protestar contra as leis anti-LGBT+ do país. A banda alemã, posteriormente compartilhou a imagem no Instagram com a legenda “Rússia, nós te amamos”.

View this post on Instagram

Россия, мы любим тебя! Photos: @jenskochphoto

A post shared by Rammstein (@rammsteinofficial) on

Não foi a primeira vez que os músicos do Rammstein demostraram apoio às causas LGBTs. Muitos já shippam os guitarristas com “Paulchard”. Na Polônia, que sofreu ataques durante a Pride, o vocalista do foi carregado pela plateia em um bote inflável carregando a bandeira do orgulho LGBT.

ARTISTAS

Rammstein é uma banda alemã de metal formada em Berlim, em janeiro de 1994. O grupo é formado por Till Lindemann (Vocal), Richard Z. Kruspe (Guitarra e Backing vocals), Paul H. Landers (Guitarra e Backing vocals), Oliver “Ollie” Riedel (Baixo), Christoph “Doom” Schneider (Bateria e Percussão eletrônica) e Christian “Flake” Lorenz (Teclados). Em 2009, eles já haviam vendido cerca de 20 milhões de álbuns no mundo todo. As performances ao vivo do Rammstein são conhecidas por serem teatrais e pirotécnicas, ganhando premiações na categoria em diversos países. Todo catálogo do Rammstein é publicado pela Universal Music Group. A maioria de seus membros são oriundos da Alemanha Oriental, especificamente Berlim Oriental e Schwerin e, desde sua formação, o grupo não passou por nenhuma alteração dos seus integrantes originais.

Comente