GAY BLOG BR by SCRUFF

O jornalista da EuroNews, Ignatius Annor, natural de Gana, onde é ilegal ser homossexual, revelou que é gay durante uma uma live do JoyNews no dia 22 de fevereiro. O comentário veio enquanto eles discutiam sobre a segurança de alguns países em relação aos LGBTs e como é ser homossexual em Gana.

“Essa vai ser a primeira vez que estou usando a mídia para dizer não apenas que sou um ativista do direito das minorias sexuais da África, que vocês todos chamam de comunidade LGBT+, mas que eu sou gay” – disse, em uma conversa com a jornalista Ayisha Ibrahim“Obviamente, eu não dizia porque tinha medo de perder meu emprego, eu estava trabalhando em uma estação de TV incrível em Accra e tinha medo do que podia acontecer comigo.” 

Em outro momento, ele também explica como os LGBTQIA+ sofrem em seu país: “O que a minha comunidade está pedindo é uma oportunidade de amar como toda a humanidade ama, assim como os heterossexuais de Gana. Não parece que eu sou um humano que merece o direito a emprego, o direito a educação, e os direitos normais e básicos como andar, dirigir, ou qualquer outra coisa que eu queria fazer em Gana por ser um homem abertamente gay. A gente não se sente ‘OK’, nos sentimos desumanizados e é horrível”. 

Em Gana, a homossexualidade é ilegal o sentimento homotransfóbico da população é muito comum, sendo endossado por líderes religiosos que dizem que é algo “demoníaco” e pelas leis locais. Por lá, um homossexual pode ser punido com um ano de prisão e multa. Atualmente há um processo de despenalização em avaliação pelo governo, fruto de esforços de grupos que lutam pelos direitos dos LGBT+ no país, mesmo que a maioria não diga que fazem parte dessa comunidade.

Jornalista de Gana revela ser gay: "No meu país nos sentimos desumanizados"

Annor espera que um dia as leis anti-LGBT sejam revogadas “para que pessoas como eu que tem uma vida, que trabalham, e contribuem de forma socio-econômica para a República de Gana, sejam aceitos como humanos que merecem respeito, carinho e dignidade”. 

Vale dizer que em 2015 ele disse que não era gay, mas que tinha tido experiências homossexuais.

Com informações do Pink News

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".