Marc Jacobs é homenageado com prêmio Ícone da Moda no VMA 2019

O VMA 2019 será transmitido, ao vivo, dia 26 de agosto, a partir das 20h (pré-show) e a partir das 21h (premiação)

MTV, em parceria com o Council of Fashion Designers of America (CFDA), acaba de anunciarMarc Jacobs como primeiro homenageado do prêmio ‘Ícone da Moda’ que irá celebrar os ícones que deixaram sua marca no mundo fashion e artístico musical. A premiação apresentada pelo comediante Sebastian Maniscalco e que acontecerá no Prudential Center, em Nova Jersey, EUA, será transmitido, ao vivo, dia 26 de agosto, a partir das 20h (pré-show) e a partir das 21h (premiação)na MTV Brasil.

Jacobs tem uma ligação íntima com a música: desde parcerias com Cher e Missy Elliot para campanhas publicitárias, até vestir ícones da moda como Lady Gaga, Cardi B e Nicki Minaj. Com um legado de mais de três décadas, o estilista é uma das principais figuras dos mundos da moda e da música e a representação perfeita da essência desse prêmio.

Como parte da homenagem, Jacobs e sua equipe de designers ficarão responsáveis por criar uma ativação multimídia para o tapete vermelho do VMA 2019.

Marc Jacobs with his dog Neville, in New York. Foto: W Magazine
Marc Jacobs with his dog Neville, in New York. Foto: W Magazine

MARC JACOBS

Aos 24 anos, Marc Jacobs já tinha se tornado o mais jovem a ganhar o prêmio CFDA Perry Ellis para novos talentos, um ano após sua primeira coleção para a própria grife. Ele ganhou mais sete prêmios que Jacobs do Council of Fashion Designers of America.[1] Marc Jacobs tornou-se conhecido no mundo da moda no fim dos anos 80, ao desenhar e apresentar uma coleção em estilo “grunge” – baseada no novo tipo de som e indumentária que vinha da cidade de Seattle, na costa-oeste, onde grupos de rock como Nirvana e Soundgarden e meninos com bermudas até o meio dos joelhos revolucionavam os costumes locais e os difundiam para todo o país – para a tradicional marca Perry Ellis, da qual era diretor de estilo, sendo imediatamente demitido.

Marc by Marc Jacobs em Port

Apoiado por nomes importantes da moda, como Anna Wintour, a editora-chefe da revista Vogue, que abriu suas páginas para suas criações, Jacobs conseguiu proeminência sozinho no mercado, recebendo diversos prêmios de conselhos de moda no começo dos anos 1990. Trabalhou por 16 anos no comando de criação artística da marca Louis Vuitton, se despediu da marca em 2013. É conhecido como um estilista que não segue as tendências universais da moda de cada estação, como em sua coleção de 2004/2005, quando, ignorando o estilo safári seguido por outros grandes nomes do mercado, fez sua coleção baseada num estilo completamente feminino com seus modelos desfilando entre 450 000 rosas na passarela.

Comente