GAY BLOG BR by SCRUFF

A drag queen Rita Von Hunty, persona do professor Guilherme Terreri, protagonizou um editorial e um curta-metragem produzidos pela Casa Vogue em uma residência modernista dos anos de 1950.

“Primeira drag queen a estampar as páginas de Casa Vogue, Rita von Hunty estrela também um poderoso curta-metragem sobre a importância do lar como espaço de afirmação da personalidade”, diz a descrição no canal do YouTube da Casa Vogue.

Casa Vogue é uma revista que explora assuntos como decoração, design, arquitetura e lifestyle. Considerada referência máxima em comportamento e tendências, todos os meses busca encantar e inspirar os amantes do bom viver.

Rita Von Hunty protagoniza editorial e curta-metragem para Casa Vogue
Divulgação

Ator e Drag Queen 

Guilherme Terreri Lima Pereira (Ribeirão Preto, 17 de outubro de 1990), mais conhecido pelo nome artístico Rita von Hunty, é um professor, ator, YouTuber, comediante e drag queen brasileiro, mais conhecido por participar da primeira temporada de Academia de Drags.

Formado em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), e em Letras pela Universidade de São Paulo (USP), trabalhou como ator durante alguns anos antes de ter que se mudar para São Paulo. Em setembro de 2011, após ser diagnosticada com câncer, a mãe de Guilherme precisou mudar-se para a capital paulista, em busca de tratamento. Em 2012, após a morte de sua mãe resolveu ficar em São Paulo para se dedicar ao teatro. Em 2013, durante o carnaval, decidiu dar vazão à sua veia artística ao ir caracterizado como Rita Von Hunty em uma festa, onde recebeu um convite para fazer um trabalho para uma empresa, dando inicio à sua personagem drag Rita Von Hunty. Em 2015, fez shows na maior festa drag de São Paulo e no programa da apresentadora Xuxa Meneghel, na Rede Record.

Ganhou notoriedade ao apresentar o programa Drag Me As a Queen junto de Penelopy Jean e Ikaro Kadoshi, que transita pelas histórias de cada participante investigando suas memórias, frustrações, sonhos e ambições para resultar numa versão drag queen construída com as informações coletadas durante a jornada.

Após a concepção do figurino, maquiagem, e cabelo, o processo termina com uma performance para seus familiares e amigos. Essa é a hora em que as cortinas se abrem para que cada mulher se transforme em uma verdadeira diva pronta para trilhar seu novo caminho.




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"