Casa de Criadores 46 – Dia 3

O balanço do terceiro dia de evento, que teve DJ Set de MahalPita

A terceira noite de desfiles da 46º edição da Casa de Criadores começou com DJ Set de MahalPita, que animou a plateia para receber as criações de Igor Dadona, Reptilia, Amni Soul Eco por Heloisa Faria, Diegogama, Rafael Caetano, Estúdio Traça e Fernando Cozendey.

Um dos grandes destaques da noite, foi a coleção apresentada por Heloisa Faria, que desfilou looks com tecido biodegradável e que gera ‘resíduo zero‘ no processo de produção.

Vale lembrar que no sábado, às 17h, acontece a performance para conscientizar sobre o Dia Mundial de Combate à AIDS, desenvolvida por Rafael Bolacha com apoio do Museu da Diversidade Sexual.

Igor Dadona
Esta não é apenas mais uma coleção, esse projeto representa um novo passo na marca Igor Dadona e também um novo ciclo na minha vida pessoal. A dor passou, continuo enxergando beleza por onde meus olhos possam alcançar, mas dessa vez, deixo de lado toda a dor, todas as sombras, todo meu lado obscuro, para me permitir, no meu trabalho e em minha vida, ser feliz de fato. A coleção, com base nas festas de formatura de filmes românticos, faz uma alusão ao momento em que todo sofrimento é recompensado, e tudo finalmente se encaixa. Diante de tempos difíceis e da constante sensação de desajuste, concluir mais um trabalho, mais um ano, mais uma vida, merece festa, mesmo que tenhamos chegado até aqui meio desalinhados, somos resistentes e vamos continuar dançando, mesmo que queiram abaixar o volume da nossa música! Me sinto leve, me sinto centrado, sempre existirão algumas vozes persistentes na mente tentando me colocar para baixo, mas preciso tirar todos os monstros para dançar, talvez não possa eliminá-los para sempre, mas posso aprender a atribuir pesos menores ao que de fato pensa muito antes, aprendi com a luz do final da tarde entrando pela janela enquanto uma música que amo tocava, a mesma que eu não conseguia há tempos, sentir o brilho. Os pequenos detalhes fazem total sentido, quando de fato você percebe a grandiosidade da vida. A dor nunca é permanente, permita-se ser feliz. Prometo tentar também.

Reptilia
A segunda coleção da Reptilia para a Casa de Criadores foi inspirada nas criaturas que habitam regiões abissais, as profundezas das águas, e irradiam luz própria para compensar as trevas ao seu redor. Num paralelo às inspirações cotidianas da designer Heloísa Strobel, em que pessoas com esse poder de luz nos guiam para além das sombras que pairam sobre o mundo, a marca traz para passarela no dia 28, um jogo de volumes, tons de branco e preto com inserção de pigmentos químicos que brilham no escuro. “Cada peça desfilada foi desenvolvida em seus mínimos detalhes e carrega costuras especiais, inserções e detalhes que fazem dela uma obra por si só”, conta a designer. A marca recebeu novamente apoio das tecelagens brasileiras Lunelli e Vicunha Têxtil e também o apoio inédito da Lupo. Os calçados são uma parceria entre a Opium.cc + Baderna.

Rafael Caetano
Para o Inverno 2020, o estilista buscou inspiração no livro de artes gráficas e digitais chamado Precursor. Assim como no livro, a cor assume o papel de protagonista da coleção e se dissolve entre peças construídas em bases que totalizam 70% de algodão, com apoio de tecelagens como Focus e Vicunha Têxtil! O trabalho de tie dyes aparece novamente em nuances bem mais claras e com maiores respiros que na coleção anterior. A novidade fica por conta da coleção de sungas, uma aposta do estilista para o alto verão, confeccionadas com artigos da tecelagem Santa Constanzia com fios da Rodhia, e que será apresentada junto com o desfile – além de divertidas, são a cara da marca. As cores transitam entre o branco, o preto, magenta, rosa chiclete, púrpura, violeta, hortênsia e azul celeste. A beleza é composta pela equipe do Bruno César e a trilha sonora assinada pelo jovem cantor Escarião. O casting de modelos é compostos apenas por meninos gays.

Estúdio Traça
A marca criada em 2015 pelo estilista Gui Amorim, faz um jeans com identidade e consciência. Para a coleção, a marca apresenta EDELZUITA – uma situação-homenagem que reúne laços familiares, fotografias antigas, festas oitentistas, e recortes de revistas de moda da década de 50 em uma grande cartografia sentimental, elevando em sua máxima potência a trajetória de uma mulher, que hoje recebe esse manifesto de amor e carinho.

Fernando Cozendey
Brasileira, a marca Fernando Cozendey nasceu em outubro de 2011, possui um processo cuidadoso na confecção de cada peça onde constrói estampas, franjas e babados, através de recortes de diferentes cores, espessuras e texturas em múltiplos tecidos com elastano. Cada coleção representa um momento do estilista e assim ele aproveita para buscar renovação criativa, pesquisando sempre novas formas de trabalhar o tecido que é sua paixão. A nova coleção é composta por 28 looks inspirados no extremo oriente com uma cartela de cor super colorida.

CALENDÁRIOS DE DESFILES:

29 de novembro (sexta-feira) 20h
Desfile Sou de Algodão
Mateus Cardoso
Estamparia Social
Jal Vieira
Dario Mittmann
Rodrigo Evangelista
Boldstrap

30 de novembro (sábado) 17h
Projeto Lab: Boutique Venenosa, Rainha Nagô, Thear e Priscilla Silva
Vivão
Estileras Fudidamente Insertas
Coetânees
Vicente Perrotta

Para mais informações do evento:
Facebook – http://www.facebook.com/casadecriadores/