Esquenta do festival MECAInhotim em São Paulo neste sábado

Banda de rock instrumental traz setlist de aquecimento para festival neste final de semana, em São Paulo

Neste sábado (19), o MECASpot traz esquenta do festival MECAInhotim, o MiniMECA convida a banda E a Terra nunca me pareceu tão distante, para um pocket show, a partir das 20h, a fim de promover a conexão com a música e a arte, tudo o que nos espera no final de junho, no Instituto Inhotim.

meca mecainhotim
Banda “E a Terra nunca me pareceu tão distante”. Foto: divulgação

A banda E a Terra nunca me pareceu tão distante, irá se apresentar no deck externo do MECASpot. Conhecidos como um quarteto instrumental, Lucas Theodoro (guitarra), Luden Viana (guitarra), Luccas Villela (baixo) e Rafael Jonke (bateria), são destaques no cenário da música independente nacional, com suas  referências de punk e rock alternativo dos anos 90 e 2000.

Além disso, o MECASpot exibe a exposição do fotógrafo artista Fernando Martins, “Todo Caminho”, no MECAIntro. Uma série de 15 imagens impressas em diferentes formatos, realizada principalmente no ano de 2014 – período em que o fotógrafo viveu na Ilha de Boipeba, na Bahia.

Com entrada gratuita, o evento começa às 15h e vai até às 22 horas.
SERVIÇO
MiniMECA
Apresentação: E a Terra nunca me pareceu tão distante
Data: 19 de maio – sábado
Horário: 15h às 22h
Entrada: Gratuita
Endereço: R. Artur de Azevedo, 499 – Pinheiros, São Paulo
MECAIntro | Fernando Martins Ferreira
Abertura: 05/05/2018, das 17h às 21h
Visitação de 06/05 à 02/06
Segunda e terça, das 13h às 19h
De quarta a sexta, das 13h às 22h
Sábado das 11h às 22h
Entrada: Gratuita
Endereço: R. Artur de Azevedo, 499 – Pinheiros, São Paulo
Sobre MECA
Com o conceito de ser “a maior menor plataforma cultural do mundo”, o MECA deixou de ser somente um festival para se tornar uma plataforma multicultural em 2016, contendo eventos como o MECAFestival, que são os festivais multiculturais que acontecem em diferentes cidades, combinando apresentações musicais, talks e performances, promovendo o encontro entre arte, arquitetura, música e natureza; o MiniMECA, evento mensal gratuito que mistura música, arte, design, amigos, comidinhas e drinks; o MECATalks, que são encontros gratuitos com especialistas sobre temas nas áreas de moda, música, comportamento, tecnologia, empreendedorismo, cultura e sustentabilidade; Além de canais de mídias como o MECAJournal, um jornal impresso mensal gratuito focado em cultura e comportamento; o MECANews, uma newsletter semanal e gratuita com uma seleção cuidadosa de textos, links, fotos, vídeos e músicas, dicas de eventos culturais em São Paulo; e o MECASite, onde se encontram todas as informações da plataforma, versão digital do MECAJournal e novidades sobre o MECA.
Já o MECASpot é a casa do MECA. Um espaço no bairro de Pinheiros, em São Paulo, onde são realizados quase que diariamente e gratuitamente vários eventos da plataforma, como os já famosos MECATalks, que fomentam a discussão sobre diversos temas atuais e os shows do MiniMECA, que uma vez no mês covnida um artista, banda ou cantor para um pocket show no deck do espaço. Além desses eventos, o MECASpot abriga dois novos projetos: o MECACafé – uma cafeteria dedicada a cafés especiais, que busca trazer uma maior integração para produtores locais, empreendedores e amantes do café – e que no final do dia vira um bar, servindo drinks deliciosos até as 22h; e o MECAintro – um espaço dedicado a exposições de arte contemporânea e que a cada mês apresenta a primeira exposição individual de um artista diferente.O espaço busca sempre apresentar novos nomes da música, arte, cultura e gastronomia.
Originalmente o MECA foi criado como evento de música no litoral sul do Brasil em 2010, e ao longo dos últimos sete anos realizou edições em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Brumadinho (Instituto Inhotim) e está prestes a expandir também para Recife. “Produzimos os eventos que a gente gostaria de ir. Geramos o conteúdo que a gente gostaria de consumir. Construímos os lugares que a gente gostaria de frequentar. Criamos os produtos que a gente gostaria de comprar. Investimos nos negócios que a gente gostaria de participar. Aproximamos as pessoas com quem a gente gostaria de conviver. Conectamos as marcas que a gente gostaria de trabalhar. Simples assim.” – Rodrigo Santanna, fundador do MECA.