GAY BLOG BR by SCRUFF

O empresário André Almada, conhecido por ser um dos sócio-fundadores do grupo The Week e atual CEO da festa “The New World”, e o vice-presidente  da Associação da Parada LGBT+ de São Paulo, Renato Viterbo, foram os convidados do podcast “Programa do Frota”, idealizado pelo deputado federal Alexandre Frota.

Frota inicia a entrevista questionando sobre a sigla “LGBTQIA+” ao Viterbo, perguntando sobre a razão pela qual a Associação da Parada ainda usa a sigla “GLBT”. “A Associação nasceu ‘GLBT’ em 1999 e por conta das nossas demandas nós não pudemos fazer essa alteração. No entanto, a gente fala ‘Parada do Orgulho LGBT+’, e quando falamos de movimento social, a sigla é ‘LGBTQIAP+’ para que todas as pessoas se sintam pertencidas aquele lugar”, explica Viterbo.

O apresentador também questionou André Almada como foi lidar com a pandemia e fechar a casa noturna The Week“A pandemia trouxe coisas boas e coisas ruins” — iniciou André Almada — “Muitas perdas, muitas tristezas, mas a gente aprendeu como ser humano a assimilar várias coisas e entender o lado humano que estava faltando um pouco em muitas pessoas (…) Com relação aos negócios foram tempos bem sombrios. Eu, por exemplo, fui o primeiro a fechar (…) e a The Week não abriu mais desde então. No início, a gente achava que seria alguns meses, mas acabou ficando dois anos [de pandemia], o que resultou em uma perda irreparável para todos nós”, concluiu.

Renato Viterbo, Alexandre Frota e André Almada - Reprodução
Renato Viterbo, Alexandre Frota e André Almada – Reprodução

Ao conversar com Viterbo sobre a Parada LGBT, o vice-presidente explicou que a pandemia suspendeu o evento “físico”, mas que deu a oportunidades deles realizarem uma Parada Virtual. “A primeira Parada Virtual do Brasil e do mundo foi a nossa”, disse Viterbo.

Em um momento posterior, André Almada explica a razão pela qual a festa que ele organiza se chama “The New World“, que em nosso idioma seria “O Novo Mundo”.

“Realmente é um ‘novo mundo’ que estamos vivendo [após a pandemia] (…) a gente começa a ver o mundo de uma outra forma. Começa a ver as pessoas e as relações humanas de um jeito diferente”, explicou.

Alexandre Frota convida André Almada e Renato Viterbo para podcast
Reprodução

Outros assuntos abordados por Alexandre Frota incluem o encerramento das atividades da The Week que, segundo Almada, representa o “fim de um ciclo”, e que ele pretende encontrar um novo espaço para realizar uma nova festa, mas que terá uma proposta diferente.

Viterbo criticou empresas que só apoiam a causa LGBTQIA+ durante a época da Parada, e que algumas não contribuem financeiramente. “Ela [pessoa representando a empresa] tira uma foto no meio da multidão para fazer um marketing de guerrilha”.




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"