GAY BLOG BR by SCRUFF

Christiana Guinle, de 57 anos, declarou que é uma pessoa de gênero fluido, ou seja, não se enquadra nos padrões femininos e nem masculinos. Em entrevista a revista Marie Claire, neste mês, a atriz falou pela primeira vez sobre o assunto e destacou a necessidade de discussões mais esclarecedoras sobre esse tema.

Para mim, gênero não é algo que parece ou deva ser fixo. E nem acho que um dia será, pois sempre pode haver alguma fluidez. Na minha cabeça, não preciso me rotular como isso, ou aquilo. Sou o que eu quiser ser, quem manda no meu corpo sou eu!”, afirmou Christiana.

Christiana Guinle (Foto: Márcio Farias)

A atriz está trabalhando no projeto “Gênero Livre”, monólogo teatral baseado em sua história. Apesar de ter tomado conhecimento do termo há pouco tempo, ela se identifica dessa forma desde os 15 anos de idade. “Eu me considerava apenas lésbica. Não sabia o que era ser fluída, o termo ainda era pouco popular”, relembra.

Como lésbica sofri com algumas atitudes, em especial da minha mãe que não conseguia suportar a ideia de ter uma filha ‘sapatão’. Na sociedade desconfiavam da minha sexualidade, mas eu não me assumia por medo de ser julgada e até perder meu emprego como atriz. Havia muito preconceito e até meu agente pedia para eu ser muito discreta”, acrescentou a atriz.

Na entrevista, Christiana ainda salientou os altos números de assassinatos contra pessoas LGBTQIA+ no país. ” O Brasil continua sendo o país que mais mata travestis no mundo. Quando foi que nos tornamos tão moralistas assim? Precisamos neste momento, lutar e falar mais sobre isso, para que as pessoas não sofram perseguições. Eu descobri quem eu sou. Não quero ter que viver numa prisão, com medo de me expor”, pontuou.

A atriz, com um currículo extenso, atuou em grandes minisséries da Rede Globo, como “Chiquinha Gonzaga” (1999), “A Casa das Sete Mulheres” (2003); “JK” (2006) e “Ti Ti Ti” (2010). Seus últimos trabalhos na emissora foram “Lado a Lado” (2012) e “Boogie Oogie” (2014).

Christiana Guinle em “Lado a Lado” (Foto: Reprodução)



Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)