GAY BLOG BR by SCRUFF

No último dia 12 de novembro, equipes da Corregedoria da Polícia Militar de São Paulo foram acionadas para tentar resolver um mistério incomum: quem foi o responsável por colocar um pênis de borracha na mesa de um dos professores da academia do Barro Branco, encarregada por formar os principais quadros da corporação. As informações são da Folha de S.Paulo.

Ao chegarem na unidade, que fica localizada na zona norte da capital paulista, os agentes da Corregedoria encontraram funcionários e alunos proibidos de deixar o local até que o caso fosse esclarecido. Segundo eles, os superiores exigiam saber quem tinha invadido a sala de um professor, atirado água no computador dele e, ainda, deixado o pênis de borracha em cima da mesa.

(Foto: Reprodução)

O responsável pelo ato não foi descoberto naquele dia e a turma acabou liberada horas depois. Os materiais, incluindo o pênis, foram recolhidos pelos agentes da Corregedoria para abertura de uma apuração. Agora os analistas da PM tentam encontrar digitais no material e confrontá-las com as das pessoas que estavam na unidade, para identificar o culpado.

De acordo com policiais ouvidos pela reportagem da Folha de S.Paulo, o assunto se espalhou nos grupos de PMs nas redes sociais nos últimos dias e virou até stickers (figurinhas usadas para ilustrar conversas no WhatsApp). Ao jornal, policiais disseram que o oficial alvo do trote seria o responsável pelo setor que cuida das operações realizadas pela academia. 

Segundo essas pessoas ouvidas pela reportagem, o professor em questão não era considerado odiado pelos alunos. Apesar de muitos terem tratado o caso como uma brincadeira, caso os responsáveis pelo trote sejam descobertos, podem pagar pela ação. Entre as punições previstas está o desligamento do curso de oficiais e, se o aluno já era policial antes de entrar na academia, ele ainda pode ser alvo de um processo para ser expulso da PM. A Secretaria da Segurança Pública ainda não se manifestou sobre o tema.

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.