GAY BLOG BR by SCRUFF

O Departamento de Ciências Fundamentais e Sociais da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), no campus II, em Areia, está oferecendo o curso gratuito “Tópicos em Violências de Gênero e Sexualidade”.

Com 220 vagas, a capacitação terá carga horário de 60h e acontece de 16 de junho a 13 de agosto, das 18h30 às 20h pelo Google Meet. Os interessados deverão se inscrever até o dia 16 de junho através do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmica da UFPB através deste link.

A iniciativa é parte do projeto “Gênero e Sexualidade em Debate: Educação em Direitos pelo Fim da Violência”.

Para a professora Anita Leocádia, que é uma das coordenadoras do curso, a educação é a melhor forma de mudar a mentalidade do povo e ajudar a diminuir a violência, já que este é um problemas social complexo e difícil de ser erradicado.

“Somente através de estudos, novos conceitos e novas práticas educativas, além das punições previstas em lei, pode se construir o respeito para erradicar as violências contra as mulheres e pessoas LGBTQI+. É um problema grave em todos os espaços, especialmente em casa”, diz a professora Anita Leocádia.

Já especialistas endossam o discurso de Leocádia (via Portal T5), dizendo que a violência de gênero e sexualidade são fundamentados em um padrão específico na “hierarquia e desigualdade de lugares sociais sexuados, que subalternizam o feminino e amplia-se na proporção direta em que o poder masculino é ameaçado”.

Leocádia acredita que, com o curso da UFPB, haverá uma contribuição para ampliar o conhecimento sobre violências de gênero e promover a crítica sobre a “naturalização da inferiorização feminina e das pessoas LGBTQI+”. A ideia é formar agentes multiplicadores pelo fim da violência em diversos ambientes.

Dados levantados pelo Mapa da Violência de Gênero mostram que houve uma média de 12 mulheres assassinadas por dia, sendo as negras as principais vítimas. Além disso, as mulheres foram vítimas de cerca de 90% dos estupros cometidos diariamente em 2017.

“Buscaremos abrir o debate em uma campanha educativa e difundir a cultura do respeito pela vida das mulheres e pela diversidade sexual. A supressão da violência representa um ganho vital, social e político para toda a sociedade, inclusive em saúde pública.”

"Tópicos em Violências de Gênero e Sexualidade".
Foto: Reprodução

PROGRAMAÇÃO

1º Encontro – 16/6 – terça-feira – Aula inaugural 

  • Isolamento social e enfrentamento à violência doméstica na Paraíba
  • Maísa Félix Ribeiro de Araújo- Polícia Civil/CoorDEAM/PB
  • Renata Matias de Almeida- Polícia Civil/CoorDEAM/PB

2º Encontro – 22/6 – segunda-feira – Rita Cristiana Barbosa – DE/CCHSA

  • Violência cibernética contra as mulheres

3º Encontro -23/6 – terça-feira – São João em casa

4º Encontro – 29/6 – segunda-feira

  • A Violência doméstica e o apoio às vítimas
  • Isania Petrúcia Frazão Monteiro – SEMDHPB/CREF Fatima Lopes -CG

5º Encontro – 30/6 – terça-feira – Francy Silva – DLCV /CCHLA

  • Racismo e violência contra mulheres negras

6º Encontro – 06/7 – segunda-feira – Ass. Social Rociane Trajano da Fonseca – CAMOPS/CCA/UFPB

Violências de gênero no trabalho: assédio moral e sexual

7º Encontro – 07/7 – terça-feira

  • Gestar, parir e nascer na pandemia: reflexos da violência obstétrica
  • Waglânia de Mendonça F. Freitas Departamento de Enfermagem em Saúde Pública DESP/Centro de Ciências da Saúde CCS/UFPB

8º Encontro – 13/7 – segunda-feira

  • As mulheres na política
  • Deputada Camila Toscano – ALPB

9º Encontro – 14/7 – terça-feira

  • A CPI dos feminicídios na Paraíba
  • Deputada Cida Ramos – ALPB/UFPB

10º Encontro – 20/7 – segunda-feira

  • Homofobia e violência contra pessoas LGBTQI+
  • Saulo Emanuel Vieira Maciel – DCSA/CCAE

11º Encontro – 21/7 – terça-feira

  • A força da violência simbólica e a cultura do estupro
  • Anita Leocádia Pereira dos Santos-DFCS/CCA

12º Encontro – 27/7- segunda-feira

  • A violência institucional de gênero e o trabalho do COMU/UFPB
  • Tatyane Guimarães Oliveira e Lis Carolinne Lemos COMU/UFPB

13º Encontro – 28-7 – terça-feira

  • A invisibilidade das mulheres na Ciência
  • Mª Eulina Pessoa de Carvalho – PPGE/CE/UFPB

14º Encontro – 03/8 – segunda-feira  

  • Gênero e Ciência: as mulheres na Física
  • Mirleide Dantas Lopes – UAF/UFCG

15º Encontro – 04/8 – terça-feira

  • Sexualidade e história
  • Mª Ivete Correia – ADUFPB/UFPB

16º Encontro – 10/8- segunda-feira

  •  Abusos sexuais
  • Mª Ivete Correia – ADUFPB/UFPB

17º Encontro- 11/8 – terça-feira – Aula de Encerramento 

  • A justiça em ação pelas mulheres, na Paraíba
  • Rosane Maria Araújo e Oliveira – Promotora de Justiça de Defesa da Mulher em João Pessoa – Núcleo de Gênero MPPB

 

A semente do ódio | Victor dos Anjos




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"