Plataforma viabiliza assessoria jurídica gratuita para pessoas LGBTQIA+

"Aliança Plural" conecta voluntários a pessoas precisem de suporte jurídico e/ou psicológico em casos de abuso e agressão

A Aliança PLURAL é uma plataforma que viabiliza apoio gratuito a LGBTQs+ que precisem de suporte jurídico e/ou psicológico. O objetivo é realizar o contato entre pessoas que precisam de ajuda e aqueles que querem ajudar gratuitamente.

Todo voluntário cadastrado passa por uma verificação de registro junto à OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e ao CRP (Conselho Regional de Psicologia). É averiguada a atuação profissional e o histórico pessoal de cada um a fim de verificar se possui o perfil e o comprometimento necessários ao projeto.

Para manter a segurança de todas as partes, os dados inseridos na plataforma não ficam permanentemente registrados e são deletados após as devidas conferências. Os voluntários não recebem os nomes reais dos acolhidos, caso estes optem pelo anonimato com o uso de um apelido.

Para entrar em contato, o site https://aliancaplural.wordpress.com conta com um espaço para o registro de pedidos de ajuda e para o cadastro de voluntários.

6 dos 11 ministros já votaram a favor da criminalização da homofobia

No último dia 23, o Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria para enquadrar a homofobia e a transfobia como crimes. Seis dos onze ministros votaram a favor da criminalização: Celso de Mello, Edson Fachi, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux.

Os ministros reconheceram a omissão do Congresso em legislar sobre a criminalização da homofobia e determinar o enquadramento desta prática ao crime de racismo. O julgamento será retomado ainda este mês.