A Secretaria de estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSDH) inaugurou, nesta quinta-feira (06) dois Centros de Cidadania LGBT no estado do Rio de Janeiro: a unidade Baixada III em Nova Iguaçu e o centro Capital II em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

- CURTA A PÁGINA DO FACEBOOK -
Secretária de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Cristiane Lamarão, a Superintendente de Políticas LGBTs do Estado do Rio de Janeiro, Carol Caldas e Cátia Cilene, coordenadora do Centro de Cidadania Baixada III em Nova Iguaçu
Secretária de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Cristiane Lamarão, a Superintendente de Políticas LGBTs do Estado do Rio de Janeiro, Carol Caldas e Cátia Cilene, coordenadora do Centro de Cidadania Baixada III em Nova Iguaçu – Divulgação

“Nova Iguaçu ganha um equipamento que visa resguardar direitos civis. Segundo dados do dossiê LGBT 2018 elaborado pelo INSP (Instituto de Segurança Pública), pelo menos uma pessoa é vítima de LGBTfobia por dia no estado do Rio de Janeiro. Além disso, 55,0% das vítimas conheciam os autores (familiares, vizinhos ou demais conhecidos). Outro dado que chamou a atenção foi que 43,4% das vítimas sofreram violência em ambientes residenciais. Dentre as violências sofridas e registradas, a violência moral correspondeu a mais de 50,0%, seguidas pelas violências física e psicológica”, afirma Carol Caldas Superintendente de Políticas LGBTs do Estado do Rio de Janeiro.

Dificuldades na identificação

No que tange à identificação da população LGBT+, para um expressivo número de vítimas, não é possível identificar a sua orientação sexual (45,5%) e/ou identidade de gênero (58,9%), mesmo essas fazendo um registro de violência motivada por LGBTfobia.

“O problema da subnotificação e/ou identificação das pessoas LGBT+ pode ocorrer em outras áreas, como nas unidades de saúde e nos serviços de apoio e proteção da população LGBT+. Estamos aqui para dar vez e voz a toda população”, finaliza Carol Caldas.

Atendimento

Destinados à realização de atendimentos jurídicos, psicológicos e sociais para a população LGBTI, os espaços são fruto de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSODH) e as Prefeituras locais.

Serviço

Centros de Cidadania LGBT Baixada III
Endereço: Rua Teresinha Pinto, 297 – Centro – Nova Iguaçu (RJ)

Centro de Cidadania LGBT Capital II
Endereço: Av. Cesário de Melo, 12735 – Santa Cruz – Rio de Janeiro (RJ)

Google Notícias