GAY BLOG BR by SCRUFF

Um ano depois da morte de Gugu Liberato, em um acidente doméstico em Orlando (EUA), a mãe de seus filhos Rose Miriam falou ao Fantástico. A Isto É reproduziu parte da entrevista.

“A morte do Gugu foi um momento muito trágico para nós. Não deu meia hora que o Gugu chegou em casa e faleceu na queda. Foi horrível. Ele abriu a porta, veio com aquele sorriso, aquele abraço gostoso, falou: cadê as crianças? Falei: cada um estava no seu cantinho. Aí ele foi lá, brincou com a Marina primeiro, depois a Sofia, depois o João já apareceu. Ele deu um abraço em cada um ele falou: a casa tá muito quente”, contou Rose.

Reprodução

No último ano, a família se viu envolvida em uma grande polêmica com relação ao testamento de Gugu, que Miriam não é contemplada. A mulher batalha na justiça para que o relacionamento estável seja reconhecido.

“Em 2011 eu e o Gugu nós tivemos um atrito, um atrito assim, de casal um motivo entre eu e ele. Ele fez esse testamento exatamente nessa época, então eu não sei o que ele sentiu de mim. Será que ele sentiu raiva de mim? Pode ser. Eu não senti. Mas o que vai fazer? A gente não sabe o que passa no coração e na mente das pessoas”, explicou.

“Eu não tô querendo tirar nada que é dos meus filhos, porque tudo será preservado, tudo será dos meus filhos. Eu quero ter um reconhecimento porque eu não quero viver às custas de ninguém, sabe?,” acrescentou.

Relacionamento com Thiago Salvático

Rose ainda falou sobre o suposto relacionamento de Gugu com Thiago Salvático, que afirma que passou quase oito anos em um relacionamento com o apresentador.

“Eu nunca soube do Thiago, devia ser um amigo dele. Agora, a vida íntima do Gugu não cabe a mim saber qual era preferência dele, se dentro dele ele tinha uma preferência sexual diferente. Eu me considerava mulher do Gugu, tínhamos uma vida particular entre quatro paredes”, afirmou.

“Se ele tinha algum relacionamento fora, isso era a vida dele. Não cabe a nós questionarmos a vida íntima das pessoas. Não me senti traída [com os boatos dos outros relacionamentos]. O que importa era o que ele era para os meus filhos”, finalizou.

Reprodução

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista pela Universidade Federal de MS, foi repórter de economia e hoje, além de colaborar para o Gay Blog Br, é servidor público em Joinville (SC). Escreveu ''A Supremacia do Abandono'', livro disponível em amazon.com.br.