GAY BLOG BR by SCRUFF

O ex-N’sync Lance Bass (43) concedeu uma entrevista ao canal TODAY Parents e comentou sobre os desafios que enfrentou por ficar “dentro do armário” até o ano de 2006. Segundo ele, foi necessário criar uma “personalidade tímida” na banda para que as pessoas não ficassem falando muito sobre sua vida particular.

“Durante as entrevistas, eu não falava porque sentia que as pessoas poderiam perceber [que ele é gay]. Então fiquei sendo o quietinho. Essa foi uma personalidade que eu criei para não falar muito”, disse o cantor.

Sempre que questionavam sobre sua vida amorosa, Bass respondia que estava muito ocupado em turnês para focar sua vida em relacionamentos. “Eu passei por depressão profunda por anos, e até hoje, ainda é uma luta (…) Eu não sei exatamente o quanto dano eu tive por ficar dentro do armário”.

Lance Bass sobre época em que escondia sua sexualidade: "Não sei quanto dano me causou"
Reprodução

Quando o N’Sync encerrou sua última turnê em 2002 que Lance Bass disse que se sentia livre o suficiente para viver uma “vida mais autêntica”. No entanto, a revelação sobre ser gay veio em 2006, quando ele estava em um bar gay e um homem no banheiro o questionou se ele era homossexual.

“Foi a primeira vez que eu disse a um estranho que eu era gay e me senti incrível. Foi um grande alívio”, disse. O que ele não sabia é que esse estranho era um repórter, que disse que ia expor essa informação tanto com a cooperação dele ou não.

O canal Page Six publicou no dia 12 de julho de 2006 sobre este episódio. No entanto, a revelação oficial de Bass veio durante uma entrevista exclusiva a People. Após este dia, ele concedeu uma outra entrevista ao canal Attitude, dizendo que depois desse dia as coisas mudaram.

“Uma parte enorme de mim morreu. O personagem que criei morreu, e finalmente eu pude ser eu mesmo. Até então, eu sempre estive mentindo e escondendo”, explica.

Em 2014, ele casou com seu marido Michael Turchin e ambos tiveram filhos gêmeros em outubro de 2021. “É tão bonito”, diz Bass. “Quando eu era criança nunca passou pela minha cabeça que essa seria uma possibilidade. Às vezes ainda não acredito que essa é minha vida”.




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"