Em resposta a uma notícia publicada no The Guardian sobre uma igreja na Inglaterra que dava a entender que qualquer outra relação sem ser hétero é pecado, o baixista do Red Hot Chilli Peppers, Flea, militou com humor no Twitter ao comentar que queria ser gay apenas para provocar a igreja.

Flea chegou a escrever em sua biografia, Acid for the Children, que já teve experiências sexuais com homens, mas que estas “não foram grande coisa” e que o fez numa tentativa de quebrar estereótipos e se desconstruir.

Apesar disso, ele não se define como gay ou bissexual, já que sua atração se dá apenas por mulheres. No entanto, ele acabou retirando essas passagens do livro.

 Flea no show do Grupo Red Hot Chili Peppers, na Arena Anhembi, em São Paulo. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
Flea no show do Grupo Red Hot Chili Peppers, na Arena Anhembi, em São Paulo. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

“Eu não queria que fosse algo sensacionalista.” – disse ao jornal The Guardian – “Para mim, não foi nada demais. Eu estava experimentando e concluí que ‘eu, não sou gay’. Então essa não é realmente minha história”.

Além disso, Flea também diz que a comunidade LGBT foi muito importante para o sucesso do Red Hot Chilli Peppers, em especial no início de sua carreira: “A comunidade gay de Los Angeles foi a primeira a abraçar os Chilli Peppers”. 

Ainda no mesmo livro ele comenta que vem de uma família conservadora e que uma vez pediu um beijo ao seu pai quando tinha seis anos, mas este negou. Tal decisão causou grande impacto em sua personalidade, e isso teria feito ele se rebelar contra estereótipos masculinos durante a adolescência.

Flea, Anthony Kiedis, Chad Smith The Red Hot Chili Peppers give a free concert from a rooftop in Venice Beach while filming a music video. The Beatles-esque performance featured Anthony Kiedis, Flea, Josh Klinghoffer, and Chad Smith. (July 30, 2011 - Source: PacificCoastNews.com)
Flea e Anthony Kiedis (July 30, 2011 – Source: PacificCoastNews.com)

Flea não foi o único roqueiro de sua geração a declarar que já experimentou sexo com outros homens. Steven Tyler, da banda Aerosmith, também confirmou já fez sexo gay em sua biografia “Does the noise in my head bother you?”, mas diz que a experiência “Não é pra ele”.

Google Notícias
Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".