GAY BLOG BR by SCRUFF

Na última quinta-feira (26), estudantes da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) utilizaram a linguagem neutra durante a conclusão de seus cursos. Um painel mostrava: “Bem-vindes a  Colação de Grau Festiva – Poli USP 21”.

Além de dar boas-vindas em linguagem neutra, a colação contou com um canudo, que os estudantes receberam ao ser chamados pelo mestre de cerimônia, escrito “Formandes”. A celebração teve a presença do reitor da Poli-USP, Reinaldo Giudici, e professores da graduação. 

(Foto: Reprodução)

Desde 2015, estudantes de graduação da Poli-USP participam da chamada “Semana da Diversidade“, festa é organizada pelo pelo PoliPrideColetivo de Diversidade Sexual e de Gênero da Poli-USP.

Além disso, o grupo organiza palestras com grupos LGBTQ+ e deu início, recentemente, ao projeto “Banheiro para Todes“,  a fim de normalizar o uso dos banheiros da instituição, de acordo com a identidade de gênero de cada estudante

A linguagem neutra, ambém chamada de “linguagem não binária”, faz parte de uma das demandas da comunidade LGBTQ+ para a neutralização da língua. Para isso,  alguns movimentos propõem a criação de novas palavras, como “todes”, “elu” e “elx”, por exemplo, a fim de incluir diversos gêneros.

A rádio CBN entrou e contato com a Poli-USP, que confirmou a veracidade da imagem. No entanto, explicou que o canudo não foi usado na colação de grau oficial da universidade, que ocorreu no último dia 22 de março, mas em cerimônia festiva organizada por formandos da Escola Politécnica na quinta-feira (26).

(Foto: Reprodução)



Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)