GAY BLOG BR by SCRUFF

O garoto de programa Jean Ferreira Leal (27), conhecido popularmente como “Hulkinho do Tráfico“, foi solto na última quinta-feira, dia 23 de setembro, após uma audiência de custódia – com a condição de usar uma tornozeleira eletrônica por 90 dias. Ele foi preso ao ser acusado de traficar cocaína e ecstasy em festas de Brasília. As informações são do Extra.

A prisão do “Hulkinho do Tráfico” aconteceu na terça-feira, dia 21, na Quadra 312 Norte, no Distrito Federal, quando foi pego em flagrante negociando um tipo de cocaína conhecida como “escama de peixe“, que contém um alto grau de pureza quando comparado a cocaína comum.

No mesmo dia da prisão de “Hulkinho“, seu fornecedor, cujo nome não foi divulgado, também foi preso; e também foi liberado com tornozeleira eletrônica.

Garoto de programa conhecido como "Hulkinho do tráfico" é solto com tornozeleira eletrônica
Reprodução

“Esse tipo de comércio, de sexo juntamente com a venda casada de drogas, é muito comum aqui na região central de Brasília. A gente já fez várias prisões e esse pessoal geralmente se conhece. As investigações nesse sentido continuam, outras pessoas com certeza serão presas” — disse o delegado-chefe da 5ª DP, Gleyson Gomes Mascarenhas.

As investigações concluíram que Hulkinho vendia drogas para clientes de alto poder aquisitivo, geralmente durante seus programas, e em festas direcionadas aos LGBT+, em especial o público gay masculino. As drogas também eram vendidas a outros garotos e garotas de programa e por aplicativos de conversas e mensagens com local de entrega previamente acordado.

Segundo o delegado, a forma dele agir é comum na região central de Brasília e o objetivo é que novas prisões sejam feitas.

“Várias pessoas são investigadas aqui na delegacia. Esse tipo de comércio ficou bem comum aqui por causa do alto valor arrecadado. É um tipo de venda de droga mais seguro, que não é feito em esquinas. Já foram presos outros garotos e garotas de programa” — afirmou Mascarenhas.

O delegado disse ainda que “novas pessoas com certeza serão presas” baseadas em investigações de venda casada de sexo e drogas. No caso específico de “Hulkinho”, Mascarenhas contou que ele agia individualmente, mas que conhece outras pessoas que atuam da mesma forma e estão sendo monitoradas pela delegacia.

Reprodução

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"