A Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado de São Paulo abriu um processo administrativo contra o apresentador Gilberto Barros, o “Leão, de 61 anos, por incitar preconceito contra homossexuais. O órgão recebeu denúncias da Coordenação de Políticas para a Diversidade Sexual do Estado de São Paulo (CPDS) e de cidadão identificado como W.D.L.

GAY BLOG BR by SCRUFF

Barros teria infringido o parágrafo 2º da Lei Estadual 10.948/2001, que estabelece penalidades a serem aplicadas à prática de discriminação em razão de orientação sexual.

No último dia 9 de setembro, em uma entrevista ao vivo com a apresentadora Sônia Abrão, em seu canal no Youtube, Barros afirmou que vomitaria ao ver dois homens se beijando e que também os agrediria. A conversa era sobre quando ele trabalhava na Rádio Globo.

Barros disse:

“Eu tinha que acordar às duas e meia da manhã, duas horas, e ainda presenciar, onde eu guardava o carro na garagem, ver beijo de língua de dois ‘bigodes’, porque tinha uma boate gay ali na frente. Eu não tenho nada contra, mas eu também ‘gumito’ [vomito], eu sou gente (…) Hoje em dia se quiser fazer na minha frente, faz, apanha os dois, mas faz”.

O que pode acontecer com Barros

O extrato da portaria das denúncias de números 1169900 e 1170936 foram publicadas nesta quarta-feira (11) Diário Oficial de São Paulo. Um processo administrativo foi aberto. Se condenado, Barros pode levar uma advertência e até mesmo pagar multa de 1000 UFESPs ( Unidades Fiscais do Estado de São Paulo), cerca de R$ 27 mil.

Carreira

Gilberto Barros começou a carreira em 1987, como repórter do SPTV, da TV Globo. Alcançou sucesso nos anos 1990, na Record, ao substituir Ratinho, que tinha trocado a emissora pelo SBT. Se último programa na TV aberta foi o Sábado Show, na Band, em 2015. Barros também é cantor e já gravou oito álbuns, sendo o último em 2006.

Veja o vídeo na íntegra:

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista pela Universidade Federal de MS, foi repórter de economia e hoje, além de colaborar para o Gay Blog, é servidor público em Joinville (SC). Escreveu ''A Supremacia do Abandono'', livro disponível em amazon.com.br.