Diva dos gays desde os anos 70, a cantora Gloria Gaynor publicou em seu TikTok um vídeo cantado “I Will Survive” com uma dica para combater o coronavírus: lavar bem as mãos.

O vídeo acima teve mais de 150,000 visualizações em menos de 24 horas. Curioso também é a legenda: “Apenas 20 segundos para ‘SOBREVIVER'”, fazendo uma referência a sua música mais famosa.

GLORIA GAYNOR – TRAJETÓRIA E “I WILL SURVIVE”

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Gloria Gaynor é o nome artístico de Gloria Fowles, nascida em 1943 em Newark, em New Jersey. Segundo ela, “sempre houve música em sua casa”, se originando daí a sua vontade de ser cantora.

Na década de 1960 entrou como vocalista da banda Soul Satisfiers, mas seu primeiro sucesso veio apenas em 1973 com a música Honey Bee, já em carreira solo.

Devido ao sucesso, ela conseguiu um contrato com a MGM Records e lançou o álbum Never Can Say Goodbye, contando com três músicas dançantes em maratona: a já citada Honey Bee, Never Can Say Goobye e a Reach Out, I´ll Be There, durando 19 minutos e se tornando massivamente popular não só no Estados Unidos, mas também no mundo.

Em 1978 lança sua música mais famosa, I Will Survive, tendo grande influência dentro da comunidade LGBT e também simbolizando o empoderamento feminino.

A faixa conta a história de uma mulher que tinha medo de deixar seu marido, acreditando que não “poderia viver sem ele”. No entanto, acabou aprendendo a ser forte depois de tantos problemas conjugais e hoje em dia pretende dar o amor dela para alguém que a ame de volta, não dando também uma nova chance para aquele que um dia fez tanto mal a ela.

Google Notícias
Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".