GAY BLOG BR by SCRUFF

O Met Gala 2021 teve como tema o “In America: A Lexicon of Fashion” (“Um vocabulário sobre as expressões da moda na América”, em tradução livre), mas nem todas as celebridades estavam a caráter, precisando recorrer a designer europeus.

Nesse contexto, o piloto Lewis Hamilton (36), que sempre se posiciona a favor da causa LGBT+, comprou uma mesa inteira para o evento (valor de 1,5 a 2 milhões de reais – e, ainda, mediante aprovação de Anna Wintour) e posteriormente convidou jovens negros para estarem lá, sendo três designers americanos: Theophilio, Kenneth Nicholson e Jason Rembert, que dividiram a mesa com os estilistas Law Roach, Alton Mason, Kehlani e os atletas Miles Chamley-Watson e Sha’Carri Richardson. As informações são da revista Exame.

Em entrevista à Vogue, Hamilton explica sua decisão de “colocar os holofotes” para os talentos negros americanos.  “O Met é o maior evento de moda do ano e, para esse tema, eu queria criar algo que fosse significativo e gerasse uma conversa”, disse, “Para que, quando as pessoas nos virem todos juntos, isso colocará esses designers negros no topo das mentes das pessoas.”

Lewis Hamilton paga mesa para estilistas negros terem oportunidade de irem ao Met Gala
Reprodução

Hamilton entende que tanto o mercado da corrida quanto a moda são espaços importantes para a inclusão. Tanto que ele criou a Comissão Hamilton em 2020 visando aumentar a representação dos negros no esporte do Reino Unido.

“Estamos vivendo em uma época em que a diversidade e a inclusão são tão importantes, e é por isso que comecei esta organização dentro do meu próprio esporte”, disse Hamilton. “Percebi que é muito parecido na indústria da moda. Muitas marcas e designers jovens não têm as mesmas oportunidades, então é isso que realmente me fez criar”.

O terno utilizado por Hamilton no evento foi uma criação de Kenneth Nicholson, feito com uma camisa de renda até os pés.

Vale lembrar que um dos destaques do Met Gala esse ano foi a modelo trans nascida no Ceará, Valentina Sampaio, que usou um vestido recortado e esvoaçante idealizado por Iris van Herpen, recebendo muitos elogios nas redes sociais.

Reprodução

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"