GAY BLOG BR by SCRUFF

Desde quando estava no grupo One Direction, fãs questionam a sexualidade de Harry Styles. Na época, histórias de que ele vivia um relacionamento amoroso com Louis Tomlinson, seu colega de boy band, foram contadas, mas os dois sempre negaram.

Com o passar dos anos, os questionamentos ainda não cessaram. Os fãs ficaram ainda mais curiosos quando Harry passou a vestir peças de roupas costumeiramente usadas por mulheres. Vestidos, colares, brincos e maquiagens, agora fazem parte do visual do artista. 

(Foto: Reprodução)

Em recente entrevista à revista Better Homes & Gardens, Harry falou sobre o assunto. Para ele, que prefere não rotular sua sexualidade, é “bizarra” a expectativa das pessoas de saberem com quem ele “dorme”. “Eu tenho sido muito aberto com meus amigos, mas essa é minha experiência pessoal; é minha“, disse o cantor, que namora a atriz Olivia Wilde.

O ponto principal para onde devemos nos dirigir é aceitar todos e sermos mais abertos, é que isso não importa, e é sobre não ter que rotular tudo, não ter que esclarecer quais caixas você está colocando”, acrescentou Harry.

(Foto: Reprodução)

À revista, Harry ainda revelou que transformou as especulações sobre a própria sexualidade, na época que estava na One Direction, em músicas para o terceiro disco solo, “Harry’s House, que será lançado em 20 de maio. “Durante o lockdown, comecei a processar muitas coisas que aconteceram quando eu estava na banda”, contou ele. 

Durante muito tempo, parecia que a única coisa que eu tinha controle era minha vida sexual”, explicou Harry. “Eu me sentia tão envergonhado com isso, mais envergonhado com a ideia das pessoas saberem que eu estava fazendo sexo do que com quem [eu estava fazendo sexo]. Naquela época, ainda havia mais fofoca. Trabalhar com quem não podia confiar era estressante. Mas, acho que cheguei a um lugar onde pensava: ‘Por que me envergonho? Sou um homem de 26 anos que é solteiro; tipo, sim, eu faço sexo’”, acrescentou ele.

Finalmente não sinto que minha vida irá acabar se esse disco não for um sucesso de vendas. Só quero fazer as coisas certas, o que é divertido, em termos de processo criativo e que eu possa me orgulhar por um longo tempo, que meus amigos, minha família e meus filhos possam se orgulhar disso um dia“, finalizou Harry.

(Foto: Reprodução)



Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)