Jovem diz que foi demitido de salão de beleza de SP por ter feito filme pornô

Colega de trabalho fez "sessão privê" com trecho de vídeo no qual Jônatas Tepassé fazia sexo oral e anal com ator

This article is also available in: English Español

Dois minutos de um vídeo foram suficientes para causar a demissão de Jônatas Tepassé, de 29 anos, que trabalhava em um salão de beleza de São Paulo. A desculpa oficial era de que o dono queria testar novos profissionais. Mas o ex-assistente de cabeleireiro tem certeza de que o motivo real foi ter atuado em um filme adulto da produtora Irmãos Dotados.

Um colega de trabalho encontrou um trecho de divulgação do filme no Instagram da produtora e fez uma “sessão privê” para todos os funcionários. Na história “O Ciclista Gostoso”, Jônatas faz sexo oral e anal com outro ator. As cenas foram gravadas antes da admissão do jovem no salão, de acordo com ele.

Ao Gay Blog, Jônatas disse que “foi humilhante essa situação, pois eu sabia e todo mundo sabia o real motivo de eu ser demitido. Não é como disseram, que existiam muitos profissionais no mercado e eles queriam dar oportunidade pra conhecerem outras pessoas”.

Reprodução Instagram

“Eu questionei se eu havia feito algo, disseram que não, que eu era um excelente profissional, que gostavam do meu trabalho”, conta o jovem, que é de Florianópolis (SC).

Em seu perfil no Instagram, a produtora Irmãos Dotados afirmou que vivemos numa “sociedade muito preconceituosa e que precisa abrir a mente para dar liberdade ao outro fazer o que quiser, sem interferir no seu profissionalismo”.

A produtora também afirma que Jônatas sofreu assédio no salão. Depois de verem o vídeo, colegas teriam passado a mão no rapaz e acariciado seu pênis e seu bunda, em tom de zoação. Medidas legais estão sendo estudadas, escreveu a Irmãos Dotados.

“No momento me senti um lixo, como se tudo o que eu conquistei, tudo que aprendi, não valessem de nada. Como se o Jônatas que já saiu até na televisão, por conta de ser um excelente profissional de cabelo e maquiagem, não fosse nada perto do vídeo de dois minutos que vazou ali dentro”, lamenta Jônatas.

This article is also available in: English Español

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista pela Universidade Federal de MS, foi repórter de economia e hoje, além de colaborar para o Gay Blog Br, é servidor público em Joinville (SC). Escreveu ''A Supremacia do Abandono'', livro disponível em amazon.com.br.

NO COMMENTS