GAY BLOG BR by SCRUFF

A juíza Cecília Pinheiro da Fonseca, da 3ª Vara Criminal da Barra Funda, em São Paulo, aceitou uma denúncia do Ministério Público contra o ex-integrante do Programa Pânico, o “humorista” Carlinhos Mendigo. Ele é acusado do crime de LGBTfobia por publicações de vários posts nas redes sociais considerados ofensivos. As informações são do O Dia.

A denúncia foi feita pelo suplente de deputado estadual e ativista LGBTI+, Agripino Magalhães, em 2020, na 2ª Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes Raciais e de Delitos de Intolerância (DECRAD), em São Paulo. Quem conduziu as investigações foi a delegada Daniela Branco e ela quem indiciou o Mendigo ao Ministério Público, que por sua vez, encaminhou a acusação à Justiça.

A promotoria interpretou que Carlinhos Mendigo visava “incitar a discriminação e induzir ao preconceito e à violação de direitos humanos” em suas postagens e isso foi um dos motivos que o levaram a denúncia.

“É mais uma vitória contra o preconceito”, diz Agripino, “e nós estamos aqui para combater a disseminação do ódio da nossa comunidade seja nas redes sociais ou em qualquer outro lugar”, ressaltou.

Justiça acata denúncia contra Carlinhos Mendigo sobre crime de homotransfobia
Reprodução

Em julho de 2020, o “humorista” publicou no Instagram que preferia ser órfão a ter um pai transgênero, fazendo uma referência ao Thammy Miranda, contratado para uma campanha de Dia dos Pais. Além disso, o perfil dele na rede social também foi derrubado pela Justiça de São Paulo após o descumprimento da medida protetiva da ex-namorada, Aline Hauck.

“A Justiça já está sendo feita. A derrubada do Instagram do homofóbico e transfóbico Carlinhos Mendigo, já é uma vitória. Menos um Instagram para disseminar ódio nas redes sociais”, comemorou Agripino Magalhães, na época.

Vale dizer que Carlinhos também foi acusado de fazer posts transfóbicos na rede social quando disse que homens e mulheres já nascem com o gênero biologicamente definidos: “Homem nasce homem. Mulher nasce mulher. E nenhuma ideologia social mudará isso. Faça o que quiser com seu corpo, você é livre. Só não tente obrigar a sociedade a gostar de suas escolhas. Quer ser respeitado? Aprenda a respeitar”.

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF possui mais de 15 milhões de usuários no mundo todo. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os LGBTs que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. Baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"