GAY BLOG BR by SCRUFF

Ontem, quinta-feira (30), a patinadora trans Maria Joaquina Cavalcanti Reikdal, de 13 anos, ganhou a medalha de prata na categoria Junior Feminino do Campeonato Mundial de Patinação Artística, que ocorre em Assunción, no Paraguai.

A jovem patinadora artística se apresentou na última quarta e quinta-feira. Na disputa, quem garantiu a medalha de ouro na categoria foi a italiana Sofia Paronetto. Giulana Scamarda, da Argentina, levou o bronze.

Maria Joaquina recebe medalha de prata (Foto: Reprodução)

Maria Joaquina conseguiu o primeiro lugar no programa curto, na quarta-feira, Já  no programa longo, ela ficou na segunda posição. Com os pontos acumulados nas duas etapas, a atleta garantiu a medalha de prata. 

A primeira participação de Maria em uma competição oficial foi em 2019. Agora, o objetivo da menina é participar das Olimpíadas de Inverno em 2026. Nas redes sociais, a jovem comemorou a medalha. Terminei em segundo! Queria ter dado mais, chorei (sou ariana). Mas aí lembrei que tenho 13 anos, tenho 5 anos ainda na categoria e é meu Primeiro Mundial! Tô Feliz!”, escreveu em seu perfil no Instagram.

Maria Joaquina durante a competição (Foto: Reprodução)

Relação com a patinação

Cleber Reikdal e Gustavo Cavalcanti, pais de Maria Joaquina, são empresários e professores de patinação artística, gelo e rodas em Curitiba (PR). Em entrevista ao Gay Blog, em julho do ano passado, questionados se o interesse de Maria Joaquina pela patinação surgiu após a adoção, os pais responderam: “Sim. Maria não sabia patinar. Sua primeira aula ela se segurava na barra e chorava muito de medo. Os irmãos já saíam patinando. Depois ela aprendeu e revelou todo um talento para ser uma das melhores patinadoras que o Brasil já teve até hoje”.

Perguntados, também, sobre o problema envolvendo a Confederação Sul-Americana de Patinação, que recusou a participação de Maria Joaquina em competição, os pais falaram que o caso não foi uma questão documental, mas de transfobia. “[…] O próprio presidente deu uma entrevista para o UOL em que deixa muito transparente sua posição. Inclusive, na matéria do Fantástico, feita antes da decisão final do supremo, ele diz que nunca teve e nunca terá um caso assim competindo”, pontuaram.

A entrevista completa para o Gay Blog pode ser acessada no site www.gay.blog.br.

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (RS).