GAY BLOG BR by SCRUFF

Este artigo também está disponível em: English Español

O ex-boxeador Mike Tyson confrontou o rapper Boosie Badazz por ter feito comentários transfóbicos em relação à filha do ex-jogador Dwyane Wade, Zaya, que é uma adolescente trans, atualmente com 13 anos.

Em entrevista ao TMZ, Tyson afirmou que “Já foi como Badazz”, mas que sua filha o convenceu a pensar diferente.

“Minha filha voou de Nova York a Los Angeles, Califórnia, onde estou, apenas para estar lá porque ela achou que Boosie foi tão desrespeitoso que ela teria que confrontá-lo” – disse Mike Tyson, que acabou indo representar sua filha e acrescentou que durante o encontro entre ele e Badazz, o rapper foi respeitoso durante o encontro entre os dois e que o debate ocorreu sem problemas.

Mike Tyson confronta rapper que fez comentário transfóbico
Reprodução

Wade revelou sobre sua filha ser uma menina trans ao programa “The Ellen DeGeneres Show”, dizendo que ela foi designada como menino no nascimento, mas era transgênero, mas que desde sempre a família entendeu e a apoiou.

“Em primeiro lugar, eu e minha esposa, Gabrielle Union, somos pais orgulhosos de uma criança da comunidade LGBTQ+, e também somos orgulhosos aliados. (…) Ela disse: ‘Olha, quero falar com vocês, quero seguir em frente e viver minha verdade. E quero que vocês se refiram a minha filha como ‘ela ou dela’. Eu adoraria se vocês a chamassem de Zaya” – disse o ex-astro da NBA na ocasião.

Com informações da Isto É.

A primeira aparição da filha de Dwyane Wade como uma menina transgênero foi durante o Truth Awards 2020, no dia 7 de março. Já Wade disse, em uma entrevista ao Good Morning America, da TV ABC, que sua filha sabia que era trans desde os três anos de idade.

O ex-jogador da NBA disse que sabia que sua filha era diferente, mas não sabia se era um menino gay ou se ele era uma garota trans. Com oito anos, Zaya contou a ele sobre sua identidade de gênero e houve um processo de desconstrução do próprio Dwyane.

Além de Zaya, Wade tem outros três filhos: Zaire, de 18 anos; Xavier, de 6 anos; e Kaavia, de um ano.




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"