GAY BLOG BR by SCRUFF

No último sábado (18), Xuxa Meneghel se pronunciou nas redes sociais ao se deparar com uma série de falas homofóbicas vindas de líderes religiosos. A fala da apresentadora iniciou após um comentário feito pela cantora Bruna Karla sobre o casamento homoafetivo.

Em seu perfil no Instagram, Xuxa contou que viu o conteúdo na conta do pastor Hermes e aproveitou para expor sua opinião. A apresentadora disse ficar indignada ao se deparar com discursos de pessoas que não aceitam a homossexualidade.

Xuxa (Foto: Reprodução)

“Queria deixar meu repúdio e meu desprezo por qualquer tipo de discriminação, preconceito e homofobia que possa existir no mundo, em nome de Deus!”, iniciou a apresentadora em seu Instagram.

“A bíblia já sofreu algumas mudanças que só me faz ter a certeza que o que realmente Jesus falou é: “amar ao próximo como a ti mesmo!” Se Deus é amor… onde tem amor nas palavras dessas pessoas do vídeo? Se Deus é o caminho, o ódio que essas pessoas pregam leva aonde?”, questionou Xuxa.

“Não confunda discurso homofóbico com Evangelho. Um adoece a alma, o outro cura. Um segrega, o outro acolhe. Um empurra para o abismo, o outro resgata. Um retroalimenta o ciclo do ódio, da violência, do bullying, o outro promove a empatia. Um encoraja a hipocrisia, o outro, a autenticidade”, continuo eu ela.

Por fim, Xuxa pontou em sua publicação: “Para avaliar um discurso, proponho que o submetamos a duas questões: 1. O que ele produz? 2. Dá para imagina-lo nos lábios de Jesus?“.




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)