GAY BLOG BR by SCRUFF

O padre Paulo Antônio Müller, da Paróquia de Tapurah, no Mato Grosso, ofendeu o repórter da Globo Pedro Figueiredo e seu marido, Erick Rianelli, chamando ambos de “viadinhos”. O caso ocorreu porque no dia 12 de junho de 2020, Erick desejou feliz Dia dos Namorados ao marido durante o encerramento do RJTV, sendo que este vídeo viralizou novamente este ano.

“Pega a Bíblia e olha o Livro Gênesis: Deus criou o homem e a mulher. Isso que é casamento. Que chame a união de dois vi@dos e de duas lésbicas de qualquer coisa, mas não de casamento, por favor. Isso é falta de respeito para com Deus (sic). Isso é sacrilégio, é blasfêmia. Casamento é coisa bonita e digna. O sentimento do amor é entre homem e mulher, marido e mulher”, disse o padre.

O religioso também disse que o afeto do casal é “ridículo” e aconselhou aos fiéis: “Por favor, que esta não seja a sua cabecinha também, tá? Nem do seu filho, nem da sua filha”.

Sem citar o nome do religioso, Pedro Figueiredo lembrou da homenagem em um post de seu Instagram, e disse que desta vez foi acompanhada por “mensagens de ódio”: “Temos um profundo respeito por todas as religiões. Acreditamos no afeto e em seu poder de transformação. A Oração de São Francisco diz: ‘Onde houver ódio, que eu leve o amor’. É assim que vamos seguir em frente. Obrigado a todas as mensagens de carinho que temos recebido”.

Já o Ministério Público do Estado do Mato Grosso emitiu uma nota dizendo que vai investigar as declarações de Müller: “O Ministério Público Estadual, por meio do Centro de Apoio Operacional de Defesa dos Direitos Humanos e Diversidades, repudia qualquer tipo de discurso de ódio. Reitera que as declarações efetuadas pelo padre extrapolaram a liberdade religiosa e que podem até mesmo resultar na propositura de medidas extrajudiciais, de ação civil pública por dano moral coletivo causado à sociedade, bem como ação penal, por eventual crime cometido” 

Após a repercussão negativa, a Paróquia Nossa Senhora de Aparecida decidiu retirar do ar a gravação da missa divulgada no Facebook.

Padre chama repórteres da Globo de "v1ad1nh0s" e que afeto é "ridículo"
Reprodução



Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"