GAY BLOG BR by SCRUFF

Thiago Henrique Marques (33), morador de Araraquara no interior de São Paulo, resolveu homenagear sua filha, Isis Aylla, fazendo um ensaio fotográfico com ambos vestindo tutu.

“Estamos fazendo o acompanhamento mensal da nossa segunda filha Isis e essas fotos foram de 9 meses (…) A cada mês tem um tema que escolhemos. Decidimos fazer o de bailarina porque é como se eu estivesse me aproximando ainda mais delas [se referindo também a sua outra filha, Alice, de 6 anos]” – disse Marques ao canal Só Notícia Boa.

Ele também enfatiza que não tem medo das críticas que sofre por se vestir de bailarina e faz questão de frisar que é “apenas uma roupa“: “Torcemos para que todos sejam respeitados como humanos e não como rótulos. No dia em que as pessoas conseguirem ver além das expectativas criadas pela sociedade, teremos mais harmonia e aceitação!”, disse.

Thiago também comenta que ouve “piadas” até em relação aos seus cabelos longos: “Já começo a desconstruir o padrão com o cabelo, que faz três anos que estou deixando crescer. O que mais ouço é ‘por que não corta o cabelo igual de homem??'” – diz, enfatizando também que preconceitos não entram em sua casa – “Somos muito abertos para esses assuntos sobre gênero. Padrões são tudo o que aprisiona a pessoa a não ser o que ela quer ser. Somos bem tranquilos quanto a isso e não temos rótulos”.

Pai é criticado por se vestir bailarina: “Gente, é só uma roupa"
Reprodução

“Na sociedade […] quando os meninos se machucam os outros zoam chamando de mulhezinha… ou seja, como se fosse superior ser homem… Ou quando a menina chora diz que tem ser forte e parar de chorar… Não faz sentido pra mim isso. Então foi uma forma de eu entrar no mundo delas, mesmo que apenas numa roupa e mostrar pra todos que isso não tem nada a ver com gênero… É apenas uma roupa mesmo”, disse Thiago.

O ensaio fotográfico é, segundo Thiago, uma forma das pessoas repensarem seus preconceitos e comemora o fato de que a maioria das pessoas terem gostado da iniciativa.

“Ainda mais eu, que sou pedagogo e terapeuta, que ministro curso… Paralelo a isso temos um instituto Xamânico Universalista […] Fazemos reuniões mensais para expandir a consciência… pregamos que somos todos um… E tá tudo certo!”, contou – “A maioria adorou. Algumas mulheres disseram que eu era corajoso. Alguns escrotos acharam que não precisava disso. Mas adoramos. E vamos fazer vários [outros ensaios] assim, se puder.” – disse, acrescentando também que sua esposa adorou.

Fotos: Gisele Brambilla
Fotos: Gisele Brambilla

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".