GAY BLOG BR by SCRUFF

O pastor da igreja pentecostal Geração Jesus Cristo, Tupirani da Hora Lores, foi preso na manhã deste dia 24 de fevereiro pela Polícia Federal do Rio de Janeiro no bairro de Santo Cristo, na zona portuária, durante a operação “Rófesh”, que significa liberdade em hebraico.

Segundo a PF, a ação foi deflagrada para prender a liderança de um grupo radical conhecido por promover discursos de ódio contra o povo judeu. No momento da prisão, Tupinari vestia uma camisa escrito: “Não sou vacinado”.

As investigações da Polícia Federal apontam que Tupirani produziu e publicou vários vídeos com ataques diretos aos judeus e membros de outras religiões, além de fazer pregações racistas, contra a vacina e contra o voto. O pastor responderá pelos crimes de racismo, ameaça, incitação e apologia ao crime e, caso condenado, poderá cumprir até 26 anos de prisão.

Pastor que fazia discurso de ódio contra gays e judeus é preso no Rio de Janeiro
Reprodução

Iago Fonseca de Oliveira, delegado da PF e chefe do Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos da Polícia Federal do Rio de Janeiro explicou que a investigação teve início com a notícia crime oferecida pela Confederação Israelita.

“Mesmo após a deflagração da primeira fase dessa operação, o preso continuou reiterando suas condutas, inclusive com ataques à autoridade pública. O crime de ódio pode configurar racismo que é previsto em tratado internacional e, por isso, a PF investiga e garante que esse tipo de conduta não fique impune, seja no meio virtual ou em outros meios”, disse Iago Fonseca de Oliveira, delegado da Polícia Federal.

Tupinari já foi alvo de investigações da PF no dia 12 de março de 2021, após pedir o “massacre” de judeus. Os agentes foram à sede da Igreja Pentecostal Geração Jesus Cristo para cumprir um mandado de busca e apreensão. Na ocasião, o pastor também teria dito que os judeus “deveriam ser envergonhados como foram na 2ª Guerra Mundial”.

O pastor já foi preso em 2009 por promover discursos de intolerância religiosa, e em 2012 por comportamentos homofóbicos, xenófobos e racistas, junto com outros membros da igreja.

Em agosto de 2021, o pastor disse “a igreja de Jesus Cristo não levanta placa de filho da p*** negro nenhum, não levanta placa de filho da p*** de político, não levanta placa de filho da p*** de v14do. A igreja de Jesus Cristo só levanta a sua própria placa, p****”, gritou Lores.




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"