GAY BLOG BR by SCRUFF

A juíza Vânia Petermann, do Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina, concedeu o direito de uma pessoa não binária alterar sua certidão de nascimento para gênero “neutro”. As informações são do jornal O Globo.

Até então, a pessoa, cujo processo corre em segredo de Justiça, era identificada como do gênero “masculino”. Ela tentou mudar extrajudicialmente o nome e o sexo para “não identificado“, mas o caso precisou ser julgado.

Petermann entende que, mesmo não havendo jurisprudência sobre a questão na Justiça brasileira, a decisão é embasada em dados históricos, antropológicos, sociológicos, filosóficos, biológicos, psicanalíticos e psicológicos. A magistrada reconhece que é fundamental que a pessoa agênero seja juridicamente reconhecida.

Ela destacou ainda que o Poder Judiciário deve utilizar do respaldo jurídico para “frear a discriminação das minorias, garantindo a todos o exercício pleno de uma vida digna”.

Pela primeira vez, Justiça de SC reconhece sexo "neutro" na certidão de nascimento
Foto: Marco Favero / BD

“Impedir as pessoas de serem o que sentem que são é uma afronta à Constituição. Não se pode negar um direito de não identificação de sexo em razão de um anseio que brota da sociedade em escala mundial, não só no Brasil. A adequação encontrará espaço, seja na voz da sociedade ou da legislação, o que dependerá do devido tempo, como ocorre em outros países que não têm o pronome neutro”, afirmou a juíza.

Vale dizer que essa pessoa não é a primeira no Brasil. Em setembro de 2020, o juíz Antônio da Rocha Lourenço Neto, da 1ª Vara de Família da Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, autorizou que a pessoa não-binária, Aoi Berriel (24) tivesse “sexo não especificado” em sua certidão de nascimento.

Inicialmente, Aoi procurou a Defensoria em 2015 para mudar o nome, e lá, veio a informação que o gênero também poderia ser alterado. Por ser uma pessoa não-binária, ela (que prefere ser chamada no pronome feminino) não pensou duas vezes e fez a solicitação. Continue lendo.

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".